Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Sonho de Luzia

        Muitos eram os sonhos cor-de-rosa da menina-moça Luzia. Na falta da televisão, ela se contentava,  toda tarde, em ouvir um pouco de rádio. Ouvia a novela “O Anjo” e precisava  ficar bem perto do aparelho, pois era velho aquele Semp e seu som era  quase inaudível. Mesmo assim ela tinha paciência  e ouvia, inclusive, as propagandas.

Um dia, na hora do intervalo, falou-se sobre um concurso das Casas da Banha, do Rio de Janeiro. Eram cinco prêmios. O primeiro era um prêmio maior e os outros quatro eram todos de um mesmo valor. Ela bem que ficou com vontade de participar, mas faltavam apenas cinco  dias e o correio poderia atrasar com a entrega das cartas, não compensando   arriscar. Naquela noite, ela sonhou que escrevera a carta e ficou com o segundo lugar.

Quando acordou, ela teve uma sensação da  veracidade daquele sonho e resolveu tentar. Escreveu rapidinho uma carta e levou-a ao correio ainda de manhã. Agora era esperar. No dia marcado para o sorteio, lá estava ela firme, agarrada ao radinho. Anunciou-se  o primeiro prêmio.

Na hora de anunciar o segundo, seu coração disparou e mal se conteve ao ouvir seu  nome como ganhadora. Ela saiu gritando que havia ganho o prêmio. E pulou, e contou para as amigas vizinhas.

Dentro de poucos dias, chegou uma cartinha, avisando-a de que o dinheiro estava disponível  em um dos Bancos da cidade. Não era muito, mas foi o suficiente para comprar um relógio banhado a  ouro, muito usado na época. Que felicidade imensa!

fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 04/08/2006
Código do texto: T208915
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:19)
fernanda araujo