Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Novo mundo = Velho mundo

Com certeza todos já ouviram algo sobre genoma, genética, clonagem, nanotecnologia, robótica...

Tem gente que se opõe a esses temas, principalmente o Vaticano.

Segundo a revista Scientific American, cerca de 20% dos genes humanos já estão patenteados, isso causa muita polemica, como alguém pode patentear o gene responsável pela cor do meu cabelo, ou dos meus olhos?

Isso significa que eu não posso pegar um fio de cabelo meu e estudá-lo em laboratório sem que tenha a permissão da empresa ou instituição que tenha a patente do gene.

Muitos perguntam a si mesmos: “o que está acontecendo com o mundo?”.
Nada! Oras o mundo está como sempre esteve: “Normal”.

Mas os avanços têm um lado bom, o estudo de células tronco, por exemplo; pode amenizar o sofrimento de milhares de famílias que tenha alguém precisando de um órgão ou sofra algum outro tipo de doença degenerativa.

Já entrando em um território mais fantástico como a clonagem; claro que a clonagem de seres humanos é muito mais complexa, polemica e distante.

Afinal é uma vida, abrange todas as camadas da humanidade. Eu não vejo a clonagem de seres humanos como algo útil, pra que eu queria ter alguém igual a mim? A particularidade das pessoas (apesar de que a coletividade é mais notada) é uma marca, ninguém gostaria de perder isso; também tem o lado que mexe com a fé das pessoas, toda essa grandeza que envolve a vida, mistérios... O cristianismo condena o questionamento e a “pretensão” do homem em querer ter o poder sobre a vida, é assim que muitos interpretam.

Mas já o estudo que pode trazer técnicas de produção de órgãos, membros do corpo humano em laboratório, isso poderia trazer muitos benefícios aumentando a qualidade de vida e a longevidade.

Uma idéia estranha de patenteamento de genes, uma guerra, um genocídio, fome, miséria, desonestidade dos políticos, clonagens, fé, fundamentalismo...

Todos ficamos perplexos com isso tudo, mas conclui que não adianta, é perda de tempo, sempre houve guerras, desonestidade dos lideres políticos, ganância, sim a pretensão não tem limites. Varia de pessoa a pessoa.

A luta pelo seu interesse, seja uma extensão territorial, o controle sobre determinados recursos minerais de uma região, ou algo mais simples como um carro, alguns trocados, um relógio.

A idéia de "ideal" é muito relativa, tem gente que mata por um simples celular!

A historia esta ai para compreendermos, claro que um mundo sem essa “rotina” seria muito melhor, mas afinal o que é bom? O que é ruim? Quem define isso?

Esses acontecimentos são repudiados, porem compreensíveis. Esse tipo de situação já vem ocorrendo desde de os primórdios, portanto já faz parte da essência humana, “sonhar com um mundo diferente” é a mesma coisa que sonhar com a erradicação de vida inteligente na superfície terrestre.

Claro que é revoltante ver a imagem de um pai ou uma mãe com o filho(a) morto nos braços correndo em meio a escombros em pleno século XXI.

E enquanto isso os lideres políticos destes paises ficam em suas fortalezas, as vidas dos coitados dos civis são irrelevantes. Os propósitos estão acima disso tudo.

A vida humana é tão importante quanto a vida de um cão.
Chaos Theory
Enviado por Chaos Theory em 04/08/2006
Código do texto: T209102

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaos Theory
Itajubá - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
78 textos (11379 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:05)
Chaos Theory