Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tiros...

Eu hoje assisti por indicação de uma amiga: “Tiros em Columbine”, é um documentário que revela o fascínio do povo americano por armas de fogo e sua crescente violência, de Michael Moore. Absolutamente bom.
Só consegui pensar, em como é bom ser brasileira. Às vezes. E melhor ainda, deve ser ser canadense.
Queria que as pessoas admirassem menos aquele povo do norte.
Recomendo o documentário, com uma advertência, pense.
Sempre faça isso.
Fiquei enojada pela mídia, pelos políticos, pelos presidentes, pelas guerras, e por não conseguir entender porque ainda conseguimos viver e reclamar de coisas tão idiotas, enquanto milhares de pessoas morrem sem motivo aparente.
Quero fazer da minha vida um eterno salvar vidas, não só no sentido de estancar sangue, mas de ajudar as pessoas a gostarem mais de si mesmas, de se cuidarem.
Gostaria que houvesse só a luta contra as doenças, não consigo entender, porque as pessoas simplesmente não pensam que não faz sentido matar umas às outras.
Fiquei tão chocada que não consegui reter as lágrimas.
E o que mais me dói, é saber que não posso fazer muita coisa. Só vou dormir, acordar amanhã ir pra faculdade e reclamar do meu cabelo, da minha roupa, da falta de dinheiro. Sendo que vivo uma vida confortável, que muitos nem sonham em ter.
Sou fútil?
Sou normal, basta pensar em tudo isso??
Não tenho meios de fazer todo mundo mudar de idéia.
Não tenho como fazer os políticos virarem pessoas descentes e honestas.
Não tenho como mostrar que o dinheiro não é tudo.
E tudo o que mais senti foi ódio.
Não gosto desse sentimento, porque me aproxima do mal, mas minha vontade era poder matar todos esses safados, idiotas, fdp, mas enfim, estaria assim entrando no ciclo. E é claro não ajuda.
A única coisa que consegui foi chorar e me sentir inútil.
Existem motivos para alguém nascer? Morrer? Viver?
Não gostaria que houvesse motivos para sofrer.
E a gente reclama de tanta coisa, de uma copa perdida.
Eu odeio a mídia, a tv, a globo, os comerciais e as pessoas que lucram com isso.
Odeio o governo por não permitir um ensino decente.
Odeio o povo por não pensar.
Me odeio por não poder fazer nada, além de odiar.
Só estou escrevendo aqui o que senti, talvez até me arrependa depois, talvez toda essa raiva passe...
Vou deitar, pensar e chorar por um tempo...
Desejo que todos pensem...
Jule Santos
Enviado por Jule Santos em 07/08/2006
Código do texto: T210776
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jule Santos
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 29 anos
234 textos (13249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:31)
Jule Santos