Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Existo ???

Penso, logo existo. Lindo quando se filosofa. Lindo quando é usado apenas como chavão.

Penso, logo existo, é muito mais que a vã compreensão de um mero pacato cidadão. Penso, logo existo é muito mais que apenas pensar.

É e está acima, às vezes muito além de nossas próprias forças. Forças físicas e psicológicas. Penso, logo existo, é um martírio, um suplício, quando se pensa em algo tão perto e tão longe, o pequeno se torna longo. Tão comum e tão complexo. Está aí à mão, e não se pode siquer tocar.

Pensar em ao menos poder ser ouvido, já é demais.

Possuir então, nem pensar.

Então, se penso, existo. Existo, sou. Se sou, posso. Se posso, por que não posso?

Se existo, porque não sou ao menos notado? Se sou notado, porque não sou olhado?

Se sou olhado, porque não sou sentido?

Então existo, sou, penso, noto, vejo, torço para sentir, para ser e não sou.

Tento de todas as formas me fazer ser, não vejo como conseguir.

Consigo pensar, lembrar, querer, mas embalde, nada.

Porque nada ?

Se sou, se existo, se penso, se noto, se quero. Quero Ter.

Mas como Ter o que não é visto, notado, sentido, tocado, vivido?

Tento ser racional, mas é maior o emocional.

Cadê, então, a minha materialidade física para levar a não física, a emocional?

Paradígma?

Ilusão?

Filosofia barata de trovador incauto?

Desespero de desesperado é desesperador ?

Iludido, ataviado, desesperado, atrapalhado, inconformado, ilusão ilusória de delírio pré sepulcral?

Busco respostas, me sobram perguntas.

Se mede o imensurável?

Se pesa o etéreo?

Einstein, na sua Lei da Relatividade, coloca muito bem que tudo é relativo, mas apenas na física, uma vez que no comportamento humano do mulherio, um homem não em nada relativo ao outro. Os valores do feminil, fogem à todas as regras. Elas não se igualam pelo pnsamento, pelo comportamento, pela capacidade e não enxegam o que está latente.Sobram perguntas, faltam respostas ( coerentes, lógico).

Só ela pode me responder !!!!!!



GDaun
Enviado por GDaun em 13/08/2006
Reeditado em 28/08/2006
Código do texto: T215372

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43002 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:17)
GDaun