Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MAGIA DO TOQUE - 2

             A MAGIA DO TOQUE – 2
                Antoni BigCuore
       (SP. 23.11.2005, 4ª.feira, às 9:34hrs.)
=======================================================

Dizíamos na crônica anterior, da teoria do desenvolvimento da personalidade de Maslow, no sentido do ser humano buscar atingir o patamar máximo da realização, depois de satisfeitas todas as condições anteriores básicas.
As necessidades primárias (ou fisiológicas): comer, beber, sexo (apesar deste poder ser sublimado), respirar. Em seguida vem a necessidade de segurança. O ser humano tem necessidade de se sentir seguro dentro de uma ordem social permanente. Não obstante, nos dias de hoje, haver tanta insegurança e medos sociais, o ser humano se adapta e continua a sua caminhada em direção a seus objetivos colimados.
Mas chega de teorias e vamos analisar o que acontece numa comunidade, sobretudo religiosa, mais especificamente, no caso, nossa  Igreja Católica, em relação ao toque entre as pessoas. Acho lindo quando nas Celebrações da Santa Eucaristia, no momento da paz ou no final da missa, quando as pessoas SE ABRAÇAM E SE BEIJAM, SE TOCAM, fraternalmente. Muito lindo isto! Eu me lembro que no meu tempo de criança e adolescente não existia isto. As pessoas eram mais distantes umas das outras. Foi o Magistério da Igreja que introduziu, na liturgia, este gesto de partilha, de amor e solidariedade.
Esta é uma “troca de energia” muito contagiante. Faz bem à alma e ao coração! Nos grupos de oração também estes gestos se repetem com mais intensidade. Estes gestos são formas de UNIR as pessoas ao grupo. Elas se sentem bem. É uma forma motivacional muito grande e importante, no sentido de UNIR cada vez mais os membros dentro dos objetivos do grupo.
Os seres humanos têm necessidade destes contatos primários, informais, emotivos, pois vivemos numa sociedade consumista altamente competitiva e insensível.
Fora destes âmbitos supra mencionados, os relacionamentos são muito formais, frios, competitivos e que, não raro, geram conflitos psicológicos muito sérios. Sem contar o estresse que provocam e, este em muitos casos, se transforma até em depressão.
Precisamos NOS ABRAÇAR MAIS! Nos beijar também. Claro, tudo isto, na fraternidade. Sem malícias e sem maus pensamentos!. Tudo pelo amor verdadeiro que procede de Deus Pai, passando pelo seu Filho Jesus Cristo e nossa Mãe Maria Santíssima!.
Irmãos e irmãs: ABRACEM mais seus filhos, seus esposos, suas esposas, seus amigos e por não dizer, “inimigos” também. O abraço é uma forma de terapia, nunca nos esqueçamos disto!.
Na última firma em que trabalhei com o meu amigo William, o relacionamento entre as pessoas era muito frio. Nós fizemos a experiência no departamento contábil, onde trabalhávamos, de nos dar as mãos todos os dias com muito carinho e emoção. Acreditem, vocês, não levou um mês e MUDAMOS completamente o ambiente naquela empresa. As pessoas de outros departamentos também começaram a se cumprimentar. Num simples gesto de dar as mãos todos os dias! Pasmem irmãos e irmãs! É a magia do toque e do exemplo!.
===========================================================
Antoni BigCuore Casagrande. Autor é cantor e Escritor em S.P. Seu livro mais recente, A Saúde da Alma e do Corpo(em revisão e ampliação p. 2ª.edição).Contatos pelos e.mails: antonibigcuore@yahoo.com.br ou antonibigcuore@uol.com.br.
=======================================================
ANTONI BIGCUORE
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 13/08/2006
Código do texto: T215382
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
2237 textos (778823 leituras)
87 áudios (44783 audições)
1 e-livros (150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:39)
ANTONI BIGCUORE