Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                           Chopp!!

Chopp!! Choppinho!!! Pinhooooooooo!!!!!!
Assim a gente te chamava e lá vinha você, saltitando e faceiro fazendo festa. E se o chamado era de festa, nos divertíamos muito. Ou correndo um atrás do outro, ou brincando de esconde-esconde ou simplesmente era pra te pegar no colo e te fazer carinho. E você, todo dengoso, já levantava a cabeça pedindo um cafuné no pescoço... Eu acho que você gostava disso porque fechava os olhos e ficava quietinho... Mas também demonstrava teu amor, às vezes de forma exagerada. Era uma lambeção, uma doideira que vez ou outra me incomodava.
Hoje sei que era tua melhor forma de demonstração de afeto.
Ah! Hora do banho!! Que delicinha... Você quietinho, sentindo a água escorrer nos pêlos de caramelo, olhava pedindo aprovação pelo comportamento e já previa a sessão de brincadeiras e cheirinhos que viriam a seguir.
Hei? E as viagens?? Quantos lugares fomos juntos, longas distâncias e você sempre comportadinho.
Nem podia ver a porta do carro aberta. Um descuido e lá estava você sentado e, olhe o detalhe: No banco da frente! Era complicado tirar você de lá...
Você tinha até um arquivo particular de fotos no computador. E fazia pose pra tirá-las!!!
Mas você também era peralta, e como era... Ta certo o ditado que diz "tamanho não é documento"... Quando ficava sozinho, demonstrava a frustração e na volta, a gente encontrava roupas no chão, retiradas do varal; chinelos comidos e vassouras destruídas. Até um sofá você destruiu!! E, nessas horas você "apanhava" - com uma folha de jornal! Saia de fininho pra logo voltar depois com aquele olhar de quem pede desculpa e também cafuné.
Meu companheirinho! Até mesmo quando eu ficava escrevendo no computador você vinha me fazer companhia... O que mais gostava era de ficar deitado em cima dos meus pés e vez por outra, dar um lambidinha... Você adorava lamber todo mundo! Outras vezes, aninhado no meu colo, não entendia o que eu fazia de tão importante que não parava de apertar botões, botões, botões...
Vou te contar um segredo: você estava no meu colo quando escrevi um texto que hoje é o meu texto mais lido - engraçado, hoje penso que você queria fazer parte daquela homenagem!

Chopp!! Choppinho!!! Pinhooooooooo!!!.......

Você já não responde mais, não ouço teus latidos, nem vem correndo... Tua ração está no potinho ainda... até os passarinhos estão te procurando!! Você corria atrás deles porque eles vinham beber da tua água. Eles estão sentindo tua falta!! E nós então???... Você era muito querido visse?? Nossos amigos ficaram muito tristes também.

Ah! O teu amigo de farra criou uma comunidade no orkut pra você... Ficou linda!!

Vai ser difícil ficar sem tua companhia agora, você cativou a todos mas nós vamos superar... É a lei da vida!!

Perdi você meu fiel companheirinho mas você conquistou o direito de ser imortalizado nestas linhas...

A casa está silenciosa!! ... Um silêncio de dor e saudade!!

C H O P P I N H O O O O O O O O o o o o o ....................
Enviado por Sô em 16/08/2006
Código do texto: T218068

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arapongas - Paraná - Brasil
56 textos (14772 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:15)