Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FÉ E ESPERANÇA

O homem moderno vive assustado e temeroso do seu dia de amanhã. Está sempre preocupado e criando tensões que levam ao estresse. Muitas vezes as preocupações são decorrentes de situações financeiras desfavoráveis, o endividamento, por exemplo. Aí, eu pergunto: quem nunca atravessou uma situação econômica difícil? Passar por apertos financeiros é privilégio exclusivo de alguém? É evidente que não. Segue-se outra pergunta: é justo a pessoa se desesperar por isso e entrar em depressão? Noutras palavras: vale a pena a pessoa ficar dizendo que tudo está perdido, que a situação não tem jeito, que as coisas estão ruins? Será que isso resolve ou apenas piora a situação?

Quem tem uma fé inabalável no Criador de todas as coisas, pode até passar aperto, mas não se desespera jamais. Em qualquer situação, estará tranqüilo, sopre o vento para onde soprar. Fé, confiança e esperança andam sempre de mãos dadas com aqueles que têm um projeto de vida que transcende as aparências desse mundo material.

O mundo seria muito melhor se as pessoas confiassem mais em Deus. Isso as levaria a confiar um pouco mais em si mesmas e nos outros. E não adianta querer buscar Deus em algum lugar distante, numa religião, ou numa igreja qualquer. Deus está em cada um, no seu mundo interior. A física quântica explica bem isso. As vastidões do macrocosmo refletem-se e se reproduzem no microcosmo.

As pessoas que têm segurança, que sabem onde estão pisando, são exatamente aquelas mesmas pessoas que conseguem enxergar no outro a centelha do Criador, o seu lado bom, divino e transcendental.

O mundo seria outro se o homem, no lugar de projetar o pessimismo, a desconfiança, o medo, a dúvida e a insegurança, firmasse o seu pensamento e suas  atitudes na matriz da perfeição possível para si, para o outro e para todos os seres viventes.

A pior crítica é aquela que nada constrói. Cada pessoa tem o dever e a responsabilidade de fazer a sua parte, com determinação e coragem, seja qual for a circunstância. E, acima de tudo, ter um olhar solidário, amigo e fraterno para com o próximo, vendo nele realmente um irmão. Independentemente de raça, cor, nação, credo ou qualquer outro traço discriminador.
José de Castro
Enviado por José de Castro em 17/08/2006
Código do texto: T218527

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José de Castro
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
2254 textos (673191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:12)
José de Castro