Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INSENSATEZ INFINDÁVEL

ESTOU TRISTE... TRISTEZA QUANDO INVADE, É NÓ CEGO, QUE NÃO DESATA. ACORDO E NADA MUDA, A MESMA PAISAGEM E UMA TÊNUE LINHA ENTRE A VIDA E A MORTE... O MESMO DESPRÊZO AOS POBRES, A MESMA DESTRUIÇÃO AO PLANETA, CADÊ A ESPERANÇA DE VIDA QUE NÃO NOS ALCANÇA? CADÊ NOSSOS MENINOS, ONDE VÃO OS SEUS DESTINOS? CADÊ OS VALORES DE ENSINO PRA ESSAS CRIANÇAS?
DURMO MEU SONO CONSCIENTE, ACORDO-ME COM UM LEVE TOQUE, POR QUE OS MEUS SENTIDOS, A TRISTEZA ME TOMA.
ESTOU TRISTE... QUANDO VOU DIZER O INVERSO? A BANALIDADE ABORRECE-ME, ENLOUQUECE-ME... COMO CURAR MINHA LOUCURA, SE O MUNDO TAMBÉM ESTÁ LOUCO? COMO REERGUER MINHA TERNURA, SE QUEM MANDA É A AMARGURA?
ESTOU TÃO TRISTE... COM ESSA INSENSATEZ INFINDÁVEL, QUE NUNCA SE ACABA!


17/08/06     TEREZA NEUMANN
Tereza Neumann
Enviado por Tereza Neumann em 17/08/2006
Reeditado em 25/08/2006
Código do texto: T218654

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tereza Neumann). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tereza Neumann
Salvador - Bahia - Brasil, 62 anos
330 textos (15756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:17)
Tereza Neumann