Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER POBRE DE CORAÇÃO NOBRE

A mulher todos os dias repete a mesma ida
Pois é trabalhadora de toda uma lida
Desce com pressa a ladeira
Como se fosse uma corredeira
Tem o ônibus pra pegar
E não pode se atrasar
De onde vem ninguém se importa
Só a querem em sua porta
Pra cumprir sua labuta
Que parece uma luta
Mulher pobre
Mas de coração nobre
Pois pensa nos alimentos
Dos seus rebentos
Por isso encontra força
Para todo seu esforço
Mulher de grande sabedoria
Se não as tivesse nada faria
E sozinha faz o seu ganha pão
E vê que nada é em vão
Que com todo o exaustão
Ganha o seu quinhão
E volta pra casa satisfeita
Do resultado diário do seu feito
Chegando em casa saudosa
De rebentos que lhe esperam com uma rosa
Em agradecimento aquela mãe honrosa
Que tanto os ama
E de nada reclama...
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 18/08/2006
Reeditado em 10/10/2006
Código do texto: T219015

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (326138 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:16)
Maysa Barbedo