Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Déb-Lúbio na Comédia Para Idiotas

Costumo dizer às pessoas: “se você sabe como se faz, então vá lá e faça !”.
Verdadeiramente não sei como se faz uma CPI, um processo político e não judicial, pois nos bancos acadêmicos aprendi que Política é uma ciência, alheia a tudo que é praticado no cenário nacional por pessoas que lhe roubaram até mesmo o nome: “Política”. Essas mesmas pessoas que se intitulam “políticos”, cometendo antes de qualquer coisa a Falsidade Ideológica, praticam tudo, exceto Política – “arte e ciência de bem governar, de cuidar dos negócios públicos”. (grifo nosso)
Tenho uma tendência severa em querer acreditar que fui enganado na faculdade. Ensinaram-me tudo errado ! Fiz bacharelado em Utopia ! Dediquei anos preciosos da minha juventude, estudando fantasias e aprendendo a idolatrar “loucos-varridos” como Rui Barbosa que escreveu tanta “asneira” em sua Réplica, resumida em apenas dois volumes que ainda guardo com o carinho proporcional ao trabalho da sua leitura e entendimento.
Não sinto arrependimento. Antes um idiota honesto, do que um desonesto se esforçando em ser um idiota ! Que mesmo visivelmente drogado, conseguiu fazer os integrantes da “Comédia” passarem por idiotas, agredindo-se mutuamente, enquanto esboçava uma ironia boçal.
Arrependimento não.
Risadas e perplexidade sim !
“Políticos” experientes e renomados caindo na esparrela do colega-réu, responsável (ou irresponsável ?) pelo dinheiro de um partido falido, o PT, ou “Perda Total” !
Hilariante, muito hilariante ...
Poder, confortavelmente acomodado, no meu “suntuoso” escritório de 12 metros quadrados, que não conta com assessor algum, nem mesmo aquele do elevador (ele mesmo, o motorista de metrô vertical), pois o prédio tem três pavimentos, assistir à tamanha queda do elevado grau de perspicácia e de reconhecida “habilidade estratégica” de “V. Excelências e de V. Excelêncios”, assessorados por incontáveis membros, ordinária e extraordinariamente bem pagos pelo povo, assim como vós mesmos e que coabitam o mesmo humilde escritório de somente um andar “Niemeyer” em Brasília é muito, muito cômico !
Como se faz ? Não sei ! Não tenho a mínima idéia !
Entendo que cabe aos “experts” do Poder, saberem como proceder, ao invés de usurpar o meu direito de continuar sendo um idiota !

Por Alexandre Boechat.
em 19 de agosto de 2005.
Alexandre Boechat
Enviado por Alexandre Boechat em 18/08/2006
Reeditado em 18/08/2006
Código do texto: T219515
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Boechat
Petrópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
72 textos (5633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:13)
Alexandre Boechat