Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

acabado

A minha poesia é uma treta, às vezes não sei do que se trata. Hoje mini-cronico (sorrio:) um poema acabado de fazer, m_eu:

POEMA IN_COMPLETO
Olha moça...

Hoje vou falar as palavras
como se as deitasse...
pela boca
fora

Se alguma poesia
houver naquilo que diga,
será por mero acaso,
uma descoberta...

Tentarei escrever
apenas da fala o falar
sem procurar seu canto,
apenas contar...

Como se faz nos versos,
quando se enquadra
em quadras...

{In_completo, e não: Incompleto. Porque, juntando o primeiro verso solto ao último terceto, o poema ficaria composto por quatro quadras. In_completo, porque o poema só se completa com poesia e, este poema, é um desafio... Espero tenha a vida d(um)a voz do mar imaginada viva: vi_vida com a fala, o sentir, o que dizemos, quando escrevemos.

O "acabado"... tem dois ou três dias, este é um diário inesperado: fica... acabado.}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 19/08/2006
Código do texto: T220427
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310487 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:19)
Francisco Coimbra