Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

irmã

Como hoje ainda não publiquei, desde que acordei... Continuo cronista, de pequenas grandes coisas como a amizade. Com ela deixo poemas com dedicatória pessoal; mas, a todos escrevo, para vosso pessoal prazer, assim o espero!

IRMÃ
as musas
nos concebam
como mães!
 
Agora Safo, poetisa do século VII  a. C.
(dum livro intitulado "Líricas em Fragmentos", com tradução e apresentação de Pedro Alvim)
 
MAIS DO QUE MAIS
Melodiosa mais do que harpa, áurea
mais do que ouro...
 
O BELO E O BOM
Quem é belo
é belo aos olhos
- e basta
 
Mas quem é bom
é subitamente belo.
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 20/08/2006
Código do texto: T221259
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310469 leituras)
37 áudios (39564 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:58)
Francisco Coimbra