Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deus e deus

A fé e a religião sempre foram temas muito controversos. Refiro-me aos dois, pois são coisas distintas. Eu, por exemplo, tenho fé, mas não tenho religião. Voltando a polêmica, são assuntos que parecem intocáveis. As pessoas se ofendem quando ouvem opiniões contrárias as suas. As pessoas se ofendem quando ouvem alguém dizer que é ateu, por exemplo.

Quando criança, como muitos brasileiros, me tornei católico, meio que por inércia. Mais tarde, ouvindo o que a religião prega, tenho que confessar que não sou mais. Eles pregam que o sexo é proibido. Condenam o uso da camisinha, mesmo sabendo que milhões de pessoas morrem de Aids. Se você casar com a pessoa errada, tem que ficar com ela o resto da vida. E por ai vai.

A fé, através de muitas religiões de aluguel, está deixando muita gente rica. Atualmente, há uma infinidade de programas de televisão com pastores de araque pregando. Uma vez, por causa de uma garota, entrei em uma igreja, mas não sei qual. O pastor “pop” tocava violão. Tinha uma retórica para político nenhum botar defeito. Alguns fiéis se excediam e faziam sinais de que estavam recebendo o “espírito”. Tive a impressão de que todos sabiam que aquele local não me pertencia. No final, a sacolinha passou. Eu não ia dar nada. Minha companheira me deu algum trocado para que eu não passasse vergonha. Gostaria de ter um centavo para colocar lá. Na minha opinião, em uma relação, a religião não deve estar em questão. Cada um tem a sua, e acabou.

10%. Já ouvi os argumentos de quem acredita que devemos doar para a igreja um décimo de nosso salário. Não me convenceu. Engraçado, pois quem utiliza esses argumentos normalmente é um pastor. A passagem na bíblia a  que eles se referem não deixa isso claro. Acho que uma igreja tem que se financiar com o dinheiro de doações dos fiéis, mas não deve estipular quanto cada fiel deve doar. Se você conhece alguma igreja que, na sua opinião, faz um trabalho honesto, doe quanto você quiser, ou quanto você puder. Caso contrário, pegue os 10% e leve sua mulher para jantar. Ou os seus filhos no cinema.

A fé é motivo de guerras, o que me causa perplexidade. Não importa se teu Deus é Jesus, Jeová, Buda, Alá ou Maomé, o princípio básico de qualquer religião deveria ser o amor ao próximo. Logo, qualquer guerra estaria totalmente fora de propósito.

Bem, para justificar o título da crônica:

Deus é amor, a compaixão, é o respeito à diferença. Deus é paz.
deus é guerra.

Deus é a crença, a fé, a espiritualidade.
deus é o fanatismo.

Deus é uma criança. É o brilho no olhar. É a inocência.
deus é a mesma criança, pedindo dinheiro no farol, para o filha da puta do pai ou a própria puta da mãe encher a cara.

Para me contradizer: Deus é o perdão.
deus é o rancor.

Deus são as árvores, um cavalo, uma borboleta.
deus é lucro a troco de queimadas. É a ganância. É ganhar às custas do mais fraco. À custa do planeta.

Deus é fazer o bem sem olhar a quem.
deus é só fazer o bem se for para mostrar a alguém.

Deus é saber que não rezo o quanto deveria; porém, agradeço mais vezes do que peço.

Deus é tudo.
deus não é o nada, mas é a ausência de tudo.

Enfim,

Deus é 100%.
deus é 10%.

Obs: Nada contra a religião ou fé de ninguém; mas que tem gente enxendo o rabo de dinheiro com a fé alheia, isso tem. “Só pra variar”, mais uma do Raulzito...

Raul Seixas - Pastor João E A Igreja Invisivel

Eu não sei se o céu ou o inferno
Qual dos dois você vai ter que encarar
E foi pra não lhe deixar no horror
Que eu vim para lhe acalmar
Se o pecado anda sempre ao seu lado
Se o demônio vive a lhe tentar
Chegou a luz no fim do seu túnel
O meu cajado vai lhe purificar

Pois eu transformo água em vinho,
Chão em céu, pau em pedra, cuspe em mel
Pra mim não existe impossível
Pastor João e a igreja invisível

Para os pobres e desesperados
E todas as almas sem lar
Vendo barato a minha nova água benta
Três prestações, qualquer um pode pagar
O sucesso da minha existência
Está ligado ao exercício da fé
Pois se ele remove montanhas
Também trás grana e um monte de mulher.

Pois eu transformo água em vinho,
Chão em céu, pau em pedra, cuspe em mel
Pra mim não exixte impossível
Pastor João e a igreja invisível.

ilsanches@gmail.com
Ivan Sanches
Enviado por Ivan Sanches em 21/08/2006
Reeditado em 21/08/2006
Código do texto: T221432

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivan Sanches
Santo André - São Paulo - Brasil, 34 anos
141 textos (12236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:57)
Ivan Sanches