Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR QUE...?

Meu Deus!
Por mais que eu queira querer,
Não consigo entender como é que irmão meu
Não tem o que comer.
Por mais que eu queira entender
Não consigo compreender como é que irmão meu
Perdeu o seu bem querer!
Por mais que eu queira querer,
Não consigo enxergar
Aonde irmão meu pretende chegar!
Nascemos todos nus, e Irmão meu as roupas
Do outro quer pegar!
Não consigo entender!...
Se não vai poder usar!
Irmão meu!
Esquecestes que tens somente
Um corpo para vestir e alimentar?
Por que irmão meu?
Teima em se orgulhar, e deixa o ego lhe cegar!
Por que irmão meu?
Deixa-se cegar pela ganância,
E em outro irmão vai pisar!
Por que dissemina o ódio, ao invés de amor plantar?
Por que?...
Por que irmão meu?
Tu que tens conhecimentos das coisas, que na Terra há!
Por que deixas que outro irmão,
Os seus “males” vá pagar?
Por que irmão meu?
Pega toda a comida e leva para o seu lar!
Mesmo sabendo que vai se estragar?
Enquanto, outro irmão meu, fome vai passar!
Por que irmão meu?
Pisa sobre os outros para se levantar,
Sabendo que viemos do mesmo lugar?
Por que irmão meu?
Ages assim?...
"fio de bigode", palavra e papel assinado,
teima em não honrar...
Se somos todos prisioneiros da mesma “gaiola de ossos”;
viemos do além e para lá vamos voltar!
e com o espelho da consciência, contas vamos prestar...
Diga-me irmão meu!
Tu não sabes que vamos voltar?
Achas que és eterno e por aqui vai ficar?
Por que irmão meu?
És tão lindo, belo, forte e saudável!
Enquanto outro irmão meu,
Está raquítico, faminto e na hora da morte?
Irmão meu!...
Vamos pensar!
Quando viemos para cá, não foi para explorar!...
Como nada de lá trouxemos, nada vamos levar.
Por favor Irmão meu!...
Vamos pensar!...
De nada adianta ficar rico neste lugar!...
O bom patrimônio é no Céu que tem que formar!...
Pois na hora da partida não vai poder carregar!...
Então, do que adiantou, tudo amealhar?
Do que adiantou, tudo juntar?
Valeu a pena tudo explorar?...
Quando zerar o cronômetro do tempo,
De tudo isso vai se separar!...
E, com o "espelho" da consciência, contas vai prestar...
Vamos olhar para a direita e para a esquerda,
Enquanto tempo há...
E um bom dia, e um abraço no Irmão meu dá!
Um abraço não dói, é só saber apertar.
RAYSAN DE SOUZA
Enviado por RAYSAN DE SOUZA em 21/08/2006
Reeditado em 01/11/2014
Código do texto: T221892
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RAYSAN DE SOUZA
São Paulo - São Paulo - Brasil
235 textos (45011 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:04)
RAYSAN DE SOUZA