Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Copa do Mundo x Eleições

        Seria ótimo se as eleições e a Copa do Mundo acontecessem ao mesmo tempo. Pouparíamos bastante a nossa angústia e canalizaríamos as nossas ansiedades e tensões num só dia.
O voto seria facultativo, elegeríamos jogadores ao invés de políticos. Já imaginaram o Parreira como presidente e Zagallo vice? Pois é, se as eleições fossem hoje, Parreira seria um candidato or concur, seria unânime. Logicamente os jogadores seriam seus acessores, formando seus ministérios com o quadrado mágico, os reservas etc... Teríamos então o parlamentarismo da alegria, adeus dissabor!
Certamente não teríamos mais CPI’s de mensalão, e sim, a venda de passes dos ministros, teríamos bolas na rede e panelas cheias ao invés de dólares na cueca. Muito samba no pé a cada finta, a cada reforma concluída ao invés da dança da Guadagnim. Jogariam limpo e transparente, melhor do que bingos. Seriamos hexa quanto ao recorde da balança comercial, aumento do PIB e do superávit comercial. Teríamos bancos de reservas ao invés do banco rural ou banco dos réus.
Desde então deletaríamos por completo do nosso vocabulário palavras que até então especificamente político: impeachment, cassação de mandato, ilicitude, crime de prevaricação, sonegação fiscal, tráfico de influência, favorecimentos, falta de decoro parlamentar, falta de ética, infidelidade partidária, aliança, verticalização, acariação, quebra de sigilo bancário e fiscal, quebra de sigilo telefônico, escuta telefônica, grampo, CPI’s, superfaturamento, acobertamento, caixa dois, violação, denúncia, paraíso fiscal, laranja, escândalos, formação de quadrilha, peculato, corrupção passiva e ativa, assassinatos, impunidade, indiciados, acusação, réu, improbidade administrativa, conspiração, amoralidade, desvio, enriquecimento ilícito, rabo-preso, desfalque, estelionato político, suborno, marqueteiro, tesoureiro, propina, sanguessugas, imunidade parlamentar, hábeas corpus, delação premiada, etc...
Quem sabe, presidindo a democracia, triunfaria a justiça, a ética e a moralidade. Mas se seria ótima administração, tenho cá minhas dúvidas. Elevaria nossa auto-estima, restauraria nosso ufanismo tão pálido e obsoleto. Talvez traria mais decência a nação verde e amarelo e seria show de bola!
Sergio Pacheco
Enviado por Sergio Pacheco em 27/08/2006
Código do texto: T226716
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sergio Pacheco
Sabará - Minas Gerais - Brasil, 58 anos
105 textos (5341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:08)
Sergio Pacheco