Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

vida

Vida, mensageira sem intermediário das forças do bem e do mal, porta-voz encarregada de anunciar aos seres seus feitos, de brindar com o seu melhor drinque a felicidade que é tão esmerada por todos e ao mesmo tempo tão fugaz, somente a vida sabe brindar, ao mesmo tempo em que, sabe com tamanha perfeição dilacerar com o cálice amargo das desilusões os corações de nós pobres mortais que somos completamente submissos aos seus comandos. Ah! Vida, quando eu era pequenina tinha o calor dos braços maternos, no auge da juventude aquecia-me com os corpos dos namorados, que ardiam de tanto prazer, hoje já nesta altura da vida não tenho mais com quem me aquecer e o pior frio é o frio do coração, da alma castigada por suas duras mensagens de desilusão.
luz
Enviado por luz em 07/06/2005
Código do texto: T22707
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luz
Santos - São Paulo - Brasil
65 textos (8882 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:11)
luz