Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que eu Quero

Ontem depois da dolorosa prova do Enem eu estava exausta, quando ia, enfim para casa, um colega me parou pra me perguntar o que eu queria da vida...
Pensei um pouco e isso já foi difícil pois parecia que todos os meus neurônios tinham ido na prova...
Amor, foi o que eu respondi, e ele não entedeu muito bem.
Deixei ele pra lá e continuei minha doce jornada até em casa, mas essa resposta simples não saia da minha cabeça...
Eu podia ter dado mil respostas, porque dei essa?
Podia dizer que quero fazer uma faculdade de letras, de cinema, sei lá... podia falar que quero escrever um livro, ser feliz, mas porque eu quero amar?
??????
Então eu entendi, sem amor eu não seria nada, mesmo que fosse tão boa quanto Fernando Meireles, sem amor neca, sem amor babaus... a faculdade, a vida, o livro, tudo sem amor seria vago, só serviria de prêmio de consolação...
Se não amamos ninguém a vida até continua sendo vida, mas é uma vida medíocre, uma vida que não vale a pena ser vivida e muito menos contada...

Eu sou mesmo assim, que é que eu posso fazer? É o amor que eu desejo, é por ele que eu procuro, é nele que eu quero esbarrar, nem que seja quando eu estiver velhinha andando de bengalas... mesmo depois de me machucar por causa dele, depois de fazer muita burrada em nome dele, nem que seja pra durar uma semana, nem que seja só pra sofrer...
Pode parecer ultra-romântico e do século passado, pode-se gostar ou não da idéia, mas o mundo dá voltas e voltas e chega sempre nesse ponto, o de que o Amor é mais importante que o dinheiro, que o sexo, que a beleza... por mais que tudo isso também seja maravilhoso!!!
Então eu me descobri, mais uma vez amante do amor, louca pra sentir cada célula do meu corpo vibrando nesse sentimento louco...
O que eu quero pra mim, pra minha vida, pro meu futuro?
Eu quero um amor maior que o mundo, eu quero amar, quero ver o mundo colorido, quero voar sem ter asas, quero amor!!!! E quanto ao Enem, bem, eu até que fui bem... uma pena que a minha nota não equivale ao tamnho do meu amor...
Taynná Monteiro Gripp
Enviado por Taynná Monteiro Gripp em 28/08/2006
Código do texto: T227212
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Taynná Monteiro Gripp
Alto Jequitibá - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
94 textos (11256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:03)
Taynná Monteiro Gripp