Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESSÊNCIA MAGNÂNIMA

    O tempo...
    Será que ele mastiga tudo? Será que ele atenua a marca, que nele registramos? Ou será mesmo, que ele destrói, e nós fazemos novas pegadas.
     Diariamente registramos fatos, que o tempo transformou, mas que jamais apagou.
     Seres que foram e vieram, com sua áurea, marcando presença.
     Acho que o tempo, não pode diluir o charme; essa atitude imponente, que muitas pessoas possuem, e que nos deixam como herança infinita. São seres com um " Q " a mais. Mesmo que desconhecidos a nós, fazem-se marcantes. Nos atraem. Sentimo-nos com olhar fixo, com a atenção totalmente voltada para eles.
      Charme, audacia, ousadia, sei lá... apenas sei que são magnânimos, que se diferenciam do chegar, ao sair. Elas possuem uma irradiação, que causa aos demais, um respeito silencioso, ou dependendo até, uma rejeoção imediata.
      Tem que se estar abruptamente envolvido em algo, para que tais pessoas, passem despercebidas. Pois atraem como imã. As vezes, os vemos tão rápido quanto nossos olhos, podem arquitetar.Num único segundo chamam a atenção, e na mesma fração de tempo, somem. Tornam-se fiapos de memória.Incrível, como nem precisam ser ricos em detalhes. Alguns são bem criativos, usando adornos chamativos, são donos de uma atitude cortante.Usam roupas que acompanham, a ruptura que suas atitudes impõem, aos simples normais. Outros, são mais limitados, mas tão autenticamente próprios e charmosos, que marcam para sempre.
       Adoro observar tais elementos que imagino, vítimas do tempo.Os coloco diante de mim,e passo a máquina do tempo, para uns 15 anos, e me interrogo. Quanto dessa força,que distancia ou atrai olhares, não será mastigada, pelos dentes do tempo?
       Acredito sinceramente, que a essência de cada um de nós, o tempo não apaga, mas, aquilo que muitas vezes tentamos ser, o tempo destrói.
       Deparo-me com muita gente-casca.Gente querendo ser algo fora do seu eixo. A esses pretenciosos, digo que acho inútil tentarem conseguir, artificialmente, algo que é absolutamente natural.
       Esse algo mais, está na essência de cada um.É uma espécie de brilho,de força inata, que circunda a sua presença. Isso não se adquire, num gênero, num estilo agressivo.
       Essa magia do ser, é o segredo do ter. Ter em si a graça da naturalidade. Do brilho. Da autenticidade. Está no espírito e não na carne. Esse charme, essa essência magnânima vem do interior.
milizinha
Enviado por milizinha em 31/08/2006
Reeditado em 20/05/2011
Código do texto: T229521

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
milizinha
Rio do Sul - Santa Catarina - Brasil, 52 anos
637 textos (94443 leituras)
1 áudios (272 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:45)
milizinha