CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Pessoas manipuladoras.

Primeiro vamos  entender o que significa manipular numa explicação simples: preparar com a mão, engendrar, forjar.Com alta dose de sadismo gosta de ver o outro sofrer, criando nele um verdadeiro drama de consciência, acabam gerando problemas de auto estima e remorsos infundados. Muitas vezes apenas para se divertir. Enfim controlam para não serem controlados. Mantem o manipulado em extremo estado de tensão, em um neurótico cujo pensamente estará sempre dirigido ao manipulador, mesmo distante encontra um modo de estar sempre presente, no pensamento nas conversas. O outro sempre estará se sentindo como se estivesse segurando uma bomba sem noção de quando ela explodirá. Acaba literalmente por enlouquecer o outro que está sob seu domínio, se por acaso ele não sair de seu convívio a tempo de salvar o que ainda restou de sua personalidade, è imprescindível se agarrar com força aos cacos que ainda sobraram.
É notório na medicina atual estudos que comprovam que a psicopatia não tem cura, isto não é novidade!
Sabemos também que se caso seja pego em algum erro ou algo que o desabone, ou que ponha em risco seus planos, pede mil desculpas, chora , faz promessas, se faz de vítima inocente de uma vida madrasta, ameaça suicídio, mas nunca se teve noticias de que algum deles tenha realmente atingido a morte...Não se matam porque no íntimo se amam em demasia.
Mas já  levou outros ao suicídio!
Existem pessoas de extrema simpatia e sorrisos, possuidores de uma malícia inata percebem e atingem em cheio o centro das necessidades de pessoas desavisadas. ...São os manipuladores.
Pessoalmente não  considero tais pessoas inteligentes, entendo sim que são apenas aproveitadores  malandros, nocivos, enfim vigaristas  sem escrúpulos!
Jogam com as necessidades e fraquezas do outro, parecem psicólogos travestidos de bruxos, na maioria são psicopatas declarados ou em vias de se tornar um deles.
Conseguem fingir  como ninguém que são capazes de suprir plenamente as necessidades percebidas,  na realidade muitas vezes suprem mesmo para conseguirem adquirir total poder sobre o outro, os submetendo de forma camuflada  à sua vontade e interesse.
Uma  tática mais evidente é  de afastar a “vitima” de amigos, colegas de trabalho e até mesmo da família, para que não haja interferência externa mantendo assim seu  total domínio. Engendrando mentiras e fantasias a respeito dos demais que porventura possam representar perigo a sua farsa, muitas vezes até mesmo caluniando, mas age sempre a distância do desafeto, atinge com suas maldades quem não tem por inúmeros motivos condições de se defender. E eles sabem disso perfeitamente, sabem a hora exata de jogar...
Caso seja pego em algum erro ou algo que o desabone, ou que ponha em risco seus planos, pede mil desculpas, chora , faz promessas, se faz de vítima inocente de uma vida madrasta....
A culpa de seus erros (desculpáveis?)é sempre de outra pessoa ou das tristezas da vida, de seus traumas, é enfim uma pessoa injustiçada.
Age com tanta maestria que o manipulado acaba totalmente em suas mãos, o defendendo de qualquer problema, como se fosse um  príncipe ou uma fada  defendendo a donzela ou o escravo inocente!
Com tal comportamento o manipulador consegue atingir seus objetivos, essa atitude pode durar até  que o outro  perceba  a manipulação ou até atingir plenamente seus objetivos.
Para tanto domínio usam um método muito simples e até certo ponto imbecil para os que podem perceber seu jogo.
Endeusam, elogiam e criam uma dependência total do outro, como se este fosse sua tábua de salvação, amarrando assim de modo viciado quem se submete a ser “vitima” por necessidade psicológica, sexual, vaidade ou até mesmo por medo, pois os manipuladores são geralmente pessoas capazes de provocar verdadeiras catástrofes na vida pessoal do indivíduo.
Interessante que quem  está sofrendo a manipulação dificilmente se dá conta da realidade que o envolve, parece viver no mundo dos sonhos, premiando sempre seu  dominador...
Porém acredito que  no fundo de sua alma ,e do que sobrou de sua lavagem cerebral, sabe o que se passa ,como defesa seu inconsciente sufoca esse sentimento de estar sendo objeto nas mãos de alguém.
Alguém que ele não mais reconhecerá quando atingir o objetivo proposto...
Quando finalmente a “vitima” descobre o jogo, percebe  com  tristeza, que a infelicidade a desilusão o acompanhará por muito tempo,  definitivamente só, amigos, colegas e família afastados durante o quase “transe” se perderam no tempo...
Cuidado com os manipuladores, pois são passíveis inclusive de violência e escândalos terríveis quando contrariados ou quando pressentem algum obstáculo que possam impedir a execução de seus planos.
É difícil acreditar que existem pessoas assim, infelizmente na política é comum encontrarmos manipuladores, mas não se iluda no dia a dia encontramos indivíduos com este perfil , é mais comum do que se pensa, é só prestar atenção à sua volta.......

M.H.P.M..
Helena Terrível.
Helena Terrivel
Enviado por Helena Terrivel em 13/06/2010
Reeditado em 19/10/2010
Código do texto: T2317594
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Helena Terrivel
Curitiba - Paraná - Brasil
677 textos (42242 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/07/14 12:16)