Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTERRARAM NOSSOS SONHOS?

A foto é um tanto velha. Mas eu também sou velho. Longe se foi o tempo  desta fotografia. como das outras quatro  que cismo em guardar. Deve ser coisa de velho. Coisa de quem  não tem mais nada  para fazer  a não ser tentar  manter vivos  os meus colegas que se foram. Desta foto acho que  só o "Bolão"  esta vivo. Desta outra  ainda estavam  vivos o Bernardo,  o Alcides,  o Pereira, e o Franco. Desta  foi no enterro  do Camilo. Foi o primeiro  que nos deixou. Era o  único realmente idealista. O único que não  se vendeu . Conhecemos na Faculdade , lá nos anos de ferro . Ele deixou a boa vida  para se meter  na guerrilha , no roubo de bancos,  ou como chamavam na ocasião  " expropriação revolucionária" . Mas foi isso. O Camilo  se foi  nós ficamos . O Franco  entrou para o Exercito  e virou um meganha dos mais reacionários - e olhem  que guardava no bolso do paletó  um exemplar do Livro Vermelho dos Pensamentos do camarada Mao - O pereira era o mais mulherengo , o mais cuca- fresca . Fundou um partido  anarquista- comunista no DCE. Só não foi preso  por causa do pai, um daqueles empresários  que ajudavam a polícia  na operação Bandeirantes  .Hoje , o coitado  esta aposentado , a fábrica do pai faliu  em suas mãos  e ele vive do INSS . O Franco  era o unico  que se dizia comunista de carteirinha , arrotava grandeza de ser amigo do Lamarca , do Marighella e do Prestes . Hoje deve estar em sua casa de campo, ou talvez morto , o que acho mais provável. O Alcides  e o bernardo  era a dupla dos alienados . Os únicos  que eu acreditava  não iriam dar nada . Um deles  é Mestre na Sorbonne  e o outro  fez cursos  na Universidade Patrice Lumumba em Moscou . Foi um grande historiador  da cultura africana . Nesta outra foto ainda posso identificar o Gracindo , a Petra , o Pancrácio,  e a Joana. Estes quatro  eram demais. A Petra  e a Joana, diziam tinham um caso  e o Gracindo  e o Pancrácio também . Imaginem o que era tentar sair do armário naquela época . Claro que nenhum deles saiu , e nem acabaram no teatro de  revista. Só sei que para dar satisfação a todos , acabaram se casando  com outras pessoas , mas  não deixaram de se visitar .  Acho até que rolava uma coisa do tipo sexo- drogas e rock in roll . Eramos assim como o Pancrácio gostava de falar  " Façamos a revolução proletária, mas não mexam no meu whisky ". mas será que com estas fotos  eu também não esteja  querendo  manter meus ideais? Meus amigos se foram . Nem mesmo  os encontrei na festa de 35 anos . Só o Bolão . O camarada  que todos achavam  que iria morrer  de tão gordo. Soube até  que tem uma clínica  de operação  de redução de estômago . Claro que ele não fez a operação nele mesmo. Por isso, o pior cliente  de um médico é um outro médico .E por isso não quis  frazer Medicina .Só o Bolão fez esta loucura . Eramos engenheiros,  psicologos , sociologos , advogados e um médico. Uma verdadeira loucura.  Mas depois,  será que  algum  de nos  cumpriu a  promessa   de ajudar aos necessitados?  Só o Camilo  , coitado,  queria encontrar  com o Che , mas chegou tarde . Nos não . Pode dizer  que fomos covardes , ou qye eramos porras-locas ,Isaso  nos eramos . Por osso aquela promessa  de mudar o mundo . Um dia destes vi  em uma tira de  quadrinhos, acho que do Hagar , o horrivel , dizia para um bar-man" Quando jovem  queria incendiar o Mundo , o tempo apagou  os meus fosforos" ou alguma coisa do tipo. Foi a isso que nos resumimos . Um bando de  babacas , ideologos de merda , sem culhões  para pegar em uma arma -  fora o Camilo-e que ficamos nos bares discutindo  sobre a Grande Revolução , liderada por nos , é claro. Sem o proletariado  , bandidos ou prostitutas ,  Inalando o incenso que dispendiamos para Sartre, Marx Trotsky, Gramsci  e Jenet .E para que ?  Para acabarmos  trabalhando em empresas multinacionais , nos escritórios de nossos pais , ganhando polpudos honorários  e não querendo mais saber  dos pobres e dos revolucionários . Esta foi a minha geração , um bando de burgueses  á fazer uma revolução  que não veio  e que não vem. Talvez por isso ainda guarde estas fotos , para me penitenciar  e para não esquecer do que poderia ter sido . Mas agora é tarde , sou só um velho cheio de lembranças . Me perdoe , tá bom!?    
grotius
Enviado por grotius em 09/09/2006
Código do texto: T236420

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
grotius
Santo André - São Paulo - Brasil, 61 anos
444 textos (16466 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:29)