Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAI SIM, POR QUE NÃO !!!

“DONA FILHA”

Fiquei muito chateado e desgostoso com a sua atitude, mais uma por sinal!
Fique a “senhora” sabendo que o mundo não é constituído da forma que está pintando, ele é bem mais complexo e amplo. Já chegou a hora de acordar e ver a vida e as coisas de Deus como elas realmente são. Está na hora de deixar de ser somente filósofa e passar a ser também cientista. O filósofo pensa, pensa, raciocina e imagina uma situação, enquanto o cientista, pensa, pensa, imagina, raciocina, transforma o pensamento e o raciocínio em projeto e executa-o, através de hipóteses, surgem as perguntas e os processos vão sendo montados e, assim, vão aparecendo as respostas as “realidades” da vida. Às vezes, nossa própria afeição se torna nossa inimiga, pois o amor excessivo traz a dor da posse e enfraquece nossos esforços. Mas você sabe disso tudo melhor do que eu. Não vamos perder as esperanças e sim esquecer a dor que o amor nos trouxe, cansando nossos corpos e mentes até a exaustão, se for preciso!
Olhe bem filha, o indivíduo que só olha para dentro, para o seu interior sonha, vive na ilusão, no pequinês, não vê a abrangência do SER, se tranca na ignorância da sua existência, vive no pequenino mundo do ódio, da avareza e da materialidade, destilando o grande veneno da humanidade, o orgulho. Ao passo que, o que olha para fora de si acorda, consegue ver o mundo, acorda para as grandezas do universo, consegue enxergar Deus em todas as coisas, mesmo as mais ínfimas.
Por outro lado, quero deixar bem claro, que não agüento mais carregar sozinho a culpa que vocês me atribuem. Ninguém sozinho pratica atos isolados, sempre há um colaborador. O incidente por si só não existe, existe sempre uma causa que surge por evocação de outrem, então, por favor, cresça e raciocine em conformidade com a vida. Acho que a senhora pode muito bem imaginar que em certa época houve uma reunião entre os seres espirituais (o nosso grupo familiar...), para definir um plano de ajuste entre nós e, tenha certeza absoluta que a “senhora” pediu e pediu muito para nascer no nosso meio. Então, por favor, cresça! Está na hora da “senhora” se conscientizar do seu papel, da sua obrigação e do seu dever. Aqui, estamos todos de passagem, não vamos construir a nossa história calcada em desavença. Não é com estupidez, orgulho e ignorância que se resolve os problemas, nem aqui nem acolá e, principalmente agora que acaba de gerar um novo SER. O momento é apropriado para reflexão, para enxergar a vida mais claramente. A hora é essa para se despojar dos véus.
Filha, tome muito cuidado, pois a raiva e o ódio são dois dos nossos amigos mais íntimos. Aprenda a discordar da raiva através do uso do bom senso, com a ajuda da compaixão e da sabedoria.
Ontem, fui acometido de grandes emoções, a primeira delas foi à notícia da chegada da minha querida amiga Isabelle, minha neta, a segunda foi terrificante, uma notícia muito desagradável que dava conta de atos e atitudes desagradáveis praticados por uma pessoa mui querida, que demonstrava estar ainda em estado de semi-turpor espiritual, que não enxerga o mínimo possível do que existe de sagrado ao seu redor, que não sabe o significado mínimo da palavra amor, então, me apavorei, como essa pessoa, que não sabe perdoar (se é que existe algo a ser perdoado!), sendo o perdão a maior manifestação de amor, vai saber amar esse novo SER que acaba de chegar? Meu Deus, como será então essa guarda, esse encaminhamento?  Sabe porque filha, ninguém é dono de ninguém, nós não somos pais nem mães, nós somos sim os receptores, os encaminhadores, os doutrinadores planetários desses nossos irmãos espirituais, por um certo tempo. É por isso que vimos na frente, para preparar, como se diz, o “terreno”.
Olha, para encerrar peço-lhe que reflita com muita parcimônia sobre a seguinte questão:
A Isabelle desceu do seu posto astral para nos encontrar e juntos trilharmos e alinhavarmos os nossos destinos e, assim, cumprir o acordado outrora. Ai! De repente, por orgulho, você simplesmente impede (como nós já fomos impedidos recentemente) o reencontro desses seres espirituais, quebrando o elo de ligação da jornada evolutiva, PENSE NISSO!
Desejo-lhe boa sorte nessa nova jornada, extensiva ao seu marido e a minha NETA.
UM BEIJO.
Ah! Por favor, no momento oportuno, entregue para a minha neta esta mensagem de boas vindas.

RAIMUNDO
RAYSAN DE SOUZA
Enviado por RAYSAN DE SOUZA em 11/09/2006
Reeditado em 01/11/2014
Código do texto: T237787
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RAYSAN DE SOUZA
São Paulo - São Paulo - Brasil
235 textos (45013 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:35)
RAYSAN DE SOUZA