Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reflexão

Passara mais um dia, aquele não fora um bom dia, desanimado
sem vontade pra nada, era hora de retornar para casa,  mas
não queria chegar cedo, eis que no caminho deparo com  uma
bela arvoré com uma majestosa sombra,  sentei  me embaixo,
ficando por um bom tempo refletindo  sobre  a  vida,     o cotidiano, quando percebo a presença de um menino com  uma
flôr na mão, perto  de  onde  eu estava, chamei o, percebi que  tinha dificuldades para se aproximar,    aproximou-se
perguntei seu nome, me respondeu Carlinhos Senhor,pedi sua
sua flôr, peguei, senti seu perfume, lhe  disse  que   não
gostara do seu perfume nem do seu aspecto, estendi a   mão
para devolve-lá, percebi   que tinha    dificuldade   para
pegar,  por instinto se aproximou,  foi  quando  notei que não  enxergava, não contive minha emocão, escorreu lágrima pelo  meu rosto, me pediu para dirigir suas mãos em    meu
rosto e me indagou, porque choras, lhe respondi que estava
emocionado, pela paisagem me perguntou, disse não,que esta-
va triste mesmo, a vida é bela, como esta flôr,        não
desanime nunca, não se deixe abater pelos percalços da vi-
da, apertou minha mão,  deu um sorriso,    quando sua mãe
veio lhe buscar, depois da fala daquele menino,   levantei animado,     cheio de vontade, louco   para    chegar  em  casa,  a  vida  é  bela  sim,   eu enxergando não percebia isso, é para refletir.
JDUARTE
Enviado por JDUARTE em 11/09/2006
Reeditado em 11/09/2006
Código do texto: T237823
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JDUARTE
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil, 55 anos
160 textos (9956 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:30)
JDUARTE