Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TÃO DISTANTE DE MIM

Tão distante de mim
Poder te ver, não é assim
Pois estás tão longe daqui
Que o fuso-horário me separa de ti
Mas a nossa distância não tem fronteiras
Pois quando se quer, se abrem todas as porteiras
O que comigo faço?
Se não posso ter o teu abraço?
Aquele que dissestes que me darias
Quando me prometestes que vinhas
Sonho que foi tão desejado
Mas que não foi realizado
O que se faz quando nem se pode falar?
Tenho que pra sempre me calar?
Esquecer o passado tão presente?
E que nada faz com que eu me aguente
Pois da úlma vez que nos falamos
Vieste com ironias que nem parece que nos amamos
Sim, é pra ti que falo
Te lembras bem das tuas útimas palavras
Pois fiz questão de te relembrar o que falavas
Para que não fosse esquecido
O que te disse e não foi entendido
Pois trago em mim todos os sinais
Desse sofrimento que tem sido demais
E na cara mostro a ressaca
Da velha e amiga cachaça
Pois essa paixão recusada
Me deixou totalmente desabrigada
E o cansaço
De me sentir
Torturada...
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 13/09/2006
Reeditado em 30/09/2006
Código do texto: T238997

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (326168 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:51)
Maysa Barbedo