Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU E AS MINHAS CIRCUNSTÂNCIAS...

A gente não sabe quem é, até o momento que precisa ser. Faz juras que jura que irá cumprir. Diz uma coisa e faz outra completamente diferente. Nega e assume ao mesmo tempo.

No amor então, faz tudo errado.

Chora, reclama, magoa.
Parece que quer uma coisa e só se afasta dela.
Não atende ao telefone. Mas, também não liga.
Aumenta a dor só para ter pena de si mesmo.
Divide ao invés de juntar...

Assim somos eu e essas minhas circunstâncias.
A vontade de querer e de não saber como se faz.
Parece que a gente não vai crescer nunca.
Ensina como os outros devem agir e faz diferente dos próprios conselhos.

Eu e essas minhas circunstâncias...
Rasga fotos, rasga cartas, rasga a alma.
Dilacera-se num único instante. É capaz de redigir um livro de mágoas e lámurias sem piedade, mas não sabe ler uma letra do que fez de errado.
Diz as verdades que precisam ser ditas, arruma as malas, vai embora.
Vai, mas não sabe pra onde ir. Ninguém consegue fugir dos pensamentos e da saudade.

Nega a própria sorte. Deseja a própria morte e morre num copo de wisky sem gelo.
A gente é um tipo de gente que não tem vergonha do que faz.
Vergonha!
Gente que sofre de amor, não tem vergonha, não seu moço!
Perde a dignidade, mas não perde a pose.
Desaprendeu a viver sozinha.
E de gente sozinha, as marquises dos prédios estão cheias. Basta olhar pro seu quando chegar a noite.

Integridade, quem sofre de amor não sabe o que é isso, não seu moço!

Eu e essas malditas circunstâncias...

Nelas a gente jura que é feliz, mesmo sendo infeliz, jura que não vai mais amar ninguém e se pega sorrindo pro cachorro.
E no dia seguinte, quando acorda recolhe tudo, torna a guardar na gaveta, para um outro dia sem relevância.

Para tantas promessas não cumpridas,
Eu e essas circunstâncias perdidas...

(Joel Dell Fádua Thrinidad)
Joel Thrinidad
Enviado por Joel Thrinidad em 14/09/2006
Reeditado em 14/09/2013
Código do texto: T240497
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joel Thrinidad
São Paulo - São Paulo - Brasil, 38 anos
45 textos (13505 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:44)
Joel Thrinidad