Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

1961

        Este ano finalmente concluiríamos o curso ginasial.
Alguns alunos haviam ficado para trás, perdendo ano, desis-tindo de estudar ou se transferindo para outra cidade. A maioria da turma, no entanto, era formada pelos mesmos discentes do curso de preparação para o exame de admissão. Estávamos juntos desde setembro de mil novecentos e cinqüenta e sete, e, estes anos de convivência haviam nos aproximado a ponto de nos sentirmos irmãos. Havia entre nós laços de amizades tão fortes que já nos preocupávamos com a separação, no final do ano.

Estudamos com afinco a fim de não ficarmos para exames de segunda época. Todos nós queríamos passar por média. E conseguimos!

Quando se aproximava o dia previsto para a festa, fomos ao Crato para tirar a fotografia de beca e tudo que tínhamos direito.A viagem por estrada de terra era enfadonha e poeirenta.Chegando lá, garantimos a hospeda-gem , ou melhor, a refeição no hotel de Pitu e nos dirigimos ao salão de beleza de Maísa, onde tivemos nossos cabelos penteados impecavelmente. Depois fomos ao Foto Saraiva, onde Telma, a melhor profissional da região, registrou a nossa vitória de quatro anos árduos de estudos numa fotografia preto e branco.

Ufa! Até que enfim tudo terminou.O cansaço era grande e ainda tivemos que percorrer mais de oitenta quilômetros de estrada até nossas casas.

Valeu a pena tanto esforço e tanta canseira. As fotos fica-ram ótimas.

Finalmente chegou o grande dia. Lá estávamos nós, como manda o figurino.Recordo-me do meu lindo vestido róseo de renda e organdi plissado, confeccionado por Mariland Camilo. Combinando com ele, bolsa e sapatos grená, cor da moda, comprados em Fortaleza, por minha madrinha Auristela. Tive por paraninfo o inesquecível tio Expedito que me presenteou com um lindo anel, de chuveiro, e, por padrinho da valsa, Luis Madeiro, excelente dançarino no gênero.

Um grande sonho tornou-se realidade, não só para nós alunos, mas para todo o nosso povo.Éramos os primeiros frutos da semeadura dos que tanto lutaram pelo ginásio Pe. Abath, especialmente os saudosos Pe. Pedro e Pe. Tibúrcio Grangeiro, professor Macêdo, Valmir Alves, nossos profes-sores e pais e todos que fizeram parte da entidade mante-nedoura do mesmo, inicialmente.

Terminamos o ano felizes por esta grande vitória que o po-vo de Brejo Santo somava à de ter nossa terra si-do agraciada com a fundação da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima.A sua inauguração ocorreu no dia primeiro de maio deste ano. Dr. Cleydson de Araújo Rangel, neto do Sr. Napoleão de Araújo Lima, havia se instalado na nossa terra, onde por quatro décadas prestou relevantes serviços à nossa comunidade e ao povo das cidades e estados circun-vizinhos.

Que início de década!Brejo Santo estava realmente de parabéns!
marineusa
Enviado por marineusa em 15/09/2006
Código do texto: T241138

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (marineusantana@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marineusa
Brejo Santo - Ceará - Brasil, 71 anos
1726 textos (322758 leituras)
39 áudios (29264 audições)
18 e-livros (9104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:55)
marineusa