Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ciclo

A vida toda a gente passa correndo numa grande pista olímpica. Correndo contra o tempo, atrás da felicidade, do amor, da riqueza, do sucesso. E a gente nunca está sozinho. Há vários outros correndo na mesma pista, tentando chegar em primeiro; há ainda outros te assistindo, uns querendo que você perca, outros querendo que você ganhe. A grande maioria está correndo pra provar pra si mesmo, pra quem está correndo e pra quem está assistindo, que consegue chegar lá.
         Fico eu imaginando, por quanto tempo eu fiz parte dessa aposta, e lógico, ainda faço, pois como já dizia a música, "o tempo não pára". Porém nunca me esqueço do dia em que estava cansado e tive que parar no meio dessa loucura toda. Por mais que estivesse arriscando a vitória, precisava dar uma respirada. Eu não tinha condições de continuar! Enfim, tive a oportunidade de ver naquele instante que eu havia saído da minha faixa. A obsessão por querer ser aquilo que todos esperavam, tinha feito eu esquecer quem eu era, tanto trabalho pra isso! Não tinha mais prazer em correr naquela palhaçada, então decidi começar a correr de novo até eu conseguir lembrar em qual faixa eu tinha começado, doce ilusão. Alguém que já tinha se perdido também havia provavelmente a ocupado, e outro a deste último e assim por diante... Uma corrida de cavalos cegos, cansados e com sede. Pelo menos eu não era o único.
          Hoje eu só tento mesmo é achar um espaço pra mim, pois como diz meu irmão mais velho: "siri que dorme na areia o mar leva". Agora, ser o primeiro a completar a próxima volta...Ah isso não! Naquele mesmo dia em que eu parei no meio da pista, tirei um tempo para dar uma olhada ao redor, a pista era redonda, assim como o mundo, assim como a vida, então cheguei à ilustre conclusão geométrica: Aquele que completar o trajeto primeiro, foi o primeiro a chegar ao mesmo lugar de onde saiu...Grande bosta!
          A questão é: "Navegar é preciso", mas aonde você quer chegar? Me disseram que o primeiro branco que chegou aqui nessa terrinha em que eu nasci, queria chegar na Índia, e acabou encontrando "as índias". Eu diria que foi um bom negócio.
Guilherme Lombardi
Enviado por Guilherme Lombardi em 14/06/2005
Reeditado em 16/12/2008
Código do texto: T24412

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guilherme Lombardi
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
152 textos (14480 leituras)
5 áudios (758 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:40)
Guilherme Lombardi