Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O respeito

O respeito ou a falta dele está contido em pequenos gestos, em acolher a dor de um amigo ou falar mal dele pelas costas. O respeito ou a falta dele se vê em palavras rudes ou em um sorriso sincero.  São atos corriqueiros que traduzem o nosso caráter ou a falta dele.

Um abraço apertado para alguns não custa nada, para outros, vale muito. Um cuidado, um agrado com que se ama, transforma o dia de qualquer um. Ouvir o desabafo de quem precisa ser ouvido, alivia o coração e apazigua a alma. Isso é respeito.

Respeitar é fazer o bem ou, na pior das hipóteses, não fazer o mal. É receber uma grosseria e não revidar. É saber manter o controle das nossas emoções e saber a medida certa das coisas. É oferecer ajuda a quem precisa dela, é dar um bom dia e não se importar de não ouvir a resposta.

Respeito é entender a dor alheia e pedir perdão quando fazemos sofrer um coração. É reconhecer nossos erros e não deixar que eles se repitam. É nos colocarmos no lugar do outro para que compreendamos os nossos limites.

Descaso é falta de respeito. O egoísmo, também. O desafeto machuca e desrespeita. O preconceito é o sinal mais evidente de que não sabemos conviver pacificamente com outra pessoa. Discriminar é exercer o papel mais indigno do ser humano, é compactuar com a falta de caráter, discernimento e, é claro, com a falta de respeito.

Respeitar é amar. São palavras que andam lado a lado e que não sobrevivem isoladas. É não usarmos da arma do ódio para ferir corações. É esquecermos um pouco do nosso umbigo, das nossas necessidades e desejarmos paz à guerra, amor aos desamados.

É por isso que a sociedade está de ponta cabeça. Nossos corações andam secos e frios. O individualismo corrompeu nossos princípios. Nosso egoísmo rompeu com o respeito. Transformemo-nos. Só o respeito é capaz de mudar o mundo.
pann
Enviado por pann em 27/09/2006
Código do texto: T250904
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
pann
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 34 anos
28 textos (4336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:04)
pann