Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRAS EXISTEM PARA SE BRINCAR COM ELAS

Palavra é liberdade .Palavra  é brincadeira .Liberdade é brincadeira.Palavras  existem  para se brincar  com elas . Brincar  como  o equilibrista  de L e T  sobre uma linha , o  embaralhador de C ,D  ou K . Do prestidigitador  que tira da " dor"  a rapidez  e presteza  que seus  dedos tem. Da partner com pouca roupa  que esconde  na cartola em forma de T  invertido  e do O  de sua base , as letras  que formam a palavra  "Ana" , que lida de traz para frente é a mesma  coisa . Como é a mesma coisa "Atrai a gaiola saloia gaiata" , muito embora ninguém  saiba o que é "saloia" .Palavras foram feitas  para se brincar  com elas . O V é o A  que dá  cambalhotas . O B , uma mulher grávida de peito grande . O Ç , metade  de um porco  cortado. Amada é a dama amada . Derrota  é a rota  que se perdeu  e Vitória  é a festa  por ter vencido , os braços erquidos .O doce  é doce  porque é doce a palavra doce. Como Sal é o sal  porque o mar  é Salgado. Como Salgado é o dono  do empório  que vende presunto  e queijo  com  sal . E a moça  na Janela como Janaina " que até  o mar  faz maré cheia prá chegar  mais perto dela ". O M e o N  são os  montes da mulher  deitada nua  na praia . Como  o gigante que dizem  estar deitado  na baía da Guanabara. Saturno  é homem - mulher , com  seus anéis  de noivado ; só  não é soturno , como a noite  fria  e escura além  Plutão, que por conta  de uns números  deixou  de ser planeta. E  as roupas  que ficam  no varal  tremulam , se enlaçam  e bailam  porque o vento  é caprichoso .Tão  caprichoso  que leva para nos as cinzas  do charuto  fedorento  do homem da esquina , que olha  com olhos pasmacentos  de gado capado , de bicho  pronto para o abate , a tarde que vai  se transformando  noite, que vê o O amarelo  do Sol  sem rosto  descer por tras  do T  meio rombudo  da caixa dáqua  ao lado  da igreja . Palavras existem  para se bricar com  elas .  
grotius
Enviado por grotius em 28/09/2006
Código do texto: T251858

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
grotius
Santo André - São Paulo - Brasil, 61 anos
444 textos (16461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:02)