Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SERÁ O AMOR DESEJO OU NECESSIDADE?


Teremos apenas um desejo de amar,
ou real necessidade de faze-lo?
Pensem nisso...
Osculos e amplexos
Marcial

SERÁ O AMOR DESEJO OU NECESSIDADE
Marcial Salaverry

Por vezes, nos perdemos em meditações, e surge em nossa mente  a imagem do ser amado.
Por mais que busquemos afastar esta imagem e vagar por outros planos, não o conseguimos, pois por mais que tentemos desviar nosso pensamento,  lá está ele, inteiro na forma, ocupando todos os espaços de nosso pensamento, ocupando todas as fibras de nosso "eu interior". Vemo-lo nitidamente. Podemos até tocá-lo, bastando estender as mãos. Sentimo-lo pleno, podemos inclusive, abraçá-lo e beijá-lo.
Contudo, enquanto meditamos questionamo-nos em busca de respostas positivas sobre questões que nos rondam a consciência. E por mais que busquemos, tudo gira em torno de nosso amor.
Sentimos o cheiro de incenso suave queimando, ouvimos o som melodioso da música que nos enleva, e mesmo assim, o foco continua sendo a pessoa amada.
Questionamos então nossos sentimentos. Sentimo-nos amando, mas estariamos mesmo? Teriamos nós  necessidade da presença fisica da pessoa amada, ou será apenas o  desejo de que esta presença se realize? Sim, porque o que sentimos quando estamos amando é necessidade da presença a nosso lado, e  não apenas o desejo de sua presença.
Pois desejo é uma necessidade que perdeu os parâmetros. Nunca será possivel satisfazê-lo. Se tentamos satisfazê-lo mais ele solicitará. São muitos os desejos, mas as necessidades bem poucas.
Os desejos são como feras, dilaceram o ser humano e os transformam em monstros. As necessidades são belas. Se aprendermos a agir com serenidade, uma pessoa amada será suficiente.
"Uma pessoa amada será suficiente"...e eis ai a resposta que buscávamos.
Amamos sim,  terna e eternamente. Pois não nos domina o desejo de ter a pessoa amada a nosso lado, basta-nos apenas saber que estamos amando, e que somos amados.
É a diferença entre o "ter" e o "estar".
Entregamo-nos então ao som da música, ao cheiro suave do incenso, e deixamos que nossa alma vá em direção da alma amada,  que simplesmente preenche todas as nossas necessidades.
Podemos assim, dizer que estamos amando em plenitude, pois desejamos "estar" com nosso amor, e conseguimos esse encontro, juntos ainda que distantes, sem termos a necessidade premente de "ter" nosso amor a nosso lado. Sentimo-lo, mesmo sem te-lo.
E pensando assim, fácil será termos UM LINDO DIA.
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 29/09/2006
Código do texto: T252012
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19847 textos (1962143 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:17)
Marcial Salaverry