Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Haoli

Rosa Pena

Para Larry Rohter




Que você não gosta do Brasil, a gente já sabe, até porque se gostasse não era amigo do Claudio Humberto, ex-assessor do Collor, que odeia nossa pátria.

Que você bebe mais que o Lula, a gente também já tem conhecimento, pois já foi visto de porre diversas vezes no Barril 1800, no Rio de Janeiro.

Que você odeia os americanos que ficam abaixo de USA, a gente também tá lixado de ter ciência, já que foi público seu empenho em desacreditar a prêmio Nobel da Paz Rigoberta Menchu, da Guatemala, entre outras façanhas suas contra os latinos.

Que você é um jornalista medíocre de um jornaleco brown , a gente tem absoluta certeza, uma vez que as matérias que ali se publica são os maiores micos que alguém pode pagar e só comparáveis as fofocas ridículas da revista Caras.

O que a gente não sabia, é que você não gostava de mulher.

Yes man.Não gosta não.Se você é gay, eu não sei, mas que não aprecia curvas femininas, ficou claro em sua matéria do NYT.Deu uma de estilista que opta por ossos, que não consegue apreciar uma bela bunda recheando um jeans, um par de coxas que se roçam, peitinhos sem silicone, puro filé, que de tanta fartura teimam com o biquíni, e acabando saltando no primeiro mergulho .

Pois é Larry, a democracia brasileira é que nem lycra.Sempre estica e cabe mais um pouco, tanto que permitiu a entrada dos hamburgers, do ketchup , do silicone , do McDonald's, da coca- cola e você ( tudo made onde? Responde!) , e também das gordinhas, made aqui, se esbaldando pelai.

No mais, o mar não precisamos importar.Sempre esteve lindíssimo aqui, pra qualquer inglês ver, e o bronzeado nestas bandas é coisa corriqueira.Ir à praia não é evento de uma vez ao ano como turista faz, que nem desfile de escola de samba (vocês pagam uma nota pra ver nossas bundas calóricas), nem fogos no reveillon (também fazem fila, mas não tem a Disney ai?) .É fato banal, sem censura de idade, sem a obrigação de ser garota de Ipanema.Todo mundo participa, como àquelas senhoras moradoras de Copacabana, (princesinha do mar!!!!), que vocês fotografaram, simbolizando a obesidade que interessava ao NYT, por pura maldade.Eta inveja!

Difícil pra uma cabecinha americana do norte, traumatizada com tanta guerra, entender esse lance de informalidade?

Pois é seu Mané! Você não sabe qualé que é!Não sabe que não precisamos ser índios pra andarmos despidos, desprevenidos, curtindo o sol abaixo da linha do equador, sem sentir a dor das guerras dos desenvolvidos mal resolvidos.Nosso país permite!

Rio quarenta graus , sem o fogo das torres, intimidade com o mar, não dá pra qualquer babaca estrangeiro sacar. Vira haoli!( haoli=invasor).

Ser brasileiro é privilégio de alguns. Ser carioca é dádiva!



15 de janeiro/ publicada no Jornal O Globo

ps: resposta ao repórter Larry Rohter do NYT, sobre obesidade nas praias do Rio de Janeiro e Brasil em geral.


 A mulher 
 (seqüência do artigo Haoli)

Rosa Pena


 



Querida Milena.


Eu estou contigo e não abro, viu?

Pois é, o haoli do Larry nem averiguou se você e suas amigas eram brasileiras e já tachou de cariocas.

Meteu no NYT seu retrato de biquíni, chamando-a de Garota de Ipanema obesa. O Rohter é que tem barriga, aliás pança, viu?(erros graves são chamados no jargão jornalístico, de barriga).

(As garotas de Ipanema do Larry são tchecas, turistas simpáticas que estavam veraneando aqui no Rio de Janeiro).

Pena que ele não se chama José, pra gente gritar contigo:
-E agora José? A festa acabou?

-Não senhor.Agora que começou.

Milena Suchopárková: você está ótima na foto de hoje, e sua declaração melhor ainda.

"- Certamente, não sou uma garota de Ipanema, sou uma senhora de 58 anos, 90 quilos, tcheca , naturalizada italiana.Tanto eu, quanto minhas amigas, não aceitamos ter nossos corpos expostos.Já enviei uma carta pro NYT e não tive resposta, mas não desisto não.

Que venha a explicação então, pelos meios legais. Vou processar sim."

Milena você pode não ser “a” garota, mas é “a” mulher. Assumida no esplendor da meia-idade, vestindo seu biquíni numa boa!

Ganhando ou não a causa judicial, ganhamos nós a moral.

-Larry! Você com essa invalidou toda a sua carreira de asneiras.

O mundo agora diz:

- O Lula que bebe e você que fica de porre?



 2005


 

OS: Publicados no jornal O GLOBO.

 

 

Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 27/01/2005
Reeditado em 07/09/2010
Código do texto: T2541
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
954 textos (1390407 leituras)
48 áudios (24755 audições)
33 e-livros (28819 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 19:00)
Rosa Pena

Site do Escritor