Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resultado das eleições 06

Pois é... Mais uma vez ficou provado que Lula é o presidente da fome e da pouca escolaridade. Um governo que se embasa na miséria do seu povo para arrecadar votos não pode e não merece governar um país. No Norte e Nordeste do país ele obteve mais de 60% dos votos. Isso é um alerta grave que é dado ao Brasil. A sociedade precisa se dar conta dessa rachadura profunda que temos em nosso país. Ou o Brasil decentraliza o poder e a concentração da riqueza, e investe de verdade na educação, ou terá para sempre o voto regional, o chamado curral eleitoral baseado na falta de informação do seu povo, no decaso e no abandono.

Com todo respeito pelo Nordeste, (eu sou nordestino), é inaceitável que Lula tenha 66% dos votos válidos na Bahia por exemplo. Será que os baianos não se sentem parte do país? Será que os baianos não leem jornais e revistas, não assistem TV? Não possível que a terra onde nasceram os maiores poteas do país haja essa total e completa falta de informação, sensibilidade e bom senso diante de todos os escândalos do governo Lula. A não ser que que os meus conterrâneos tenham escolhido viver mais 4 anos com a esmola que recebem do governo federal para a sua subesxistência dando sobrevida a esse populismo repugnante que se instaurou no país.

Hoje estou envergonhado em ser nordestino e em ser baiano, pois o que eu sempre combati ficou claramente indiscutível hoje. O Nordeste é atrasado e ainda é de fato um peso para o resto do país. Um peso sócio cultural do tamanho de um PT, com tudo dentro; Pizzas, absolvições, danças no senado, cuecas com dollares, mensaleiros, marqueteiros, dossiês e muito mais. Basta mencionar que Collor e Severino se elegeram, assim como Sarney, que migrou do Nordeste para o Norte, onde supostamente ainda há menos informação por habitante quadrado.

Porquê Lula teve 40% mais votos que Alckmin na Bahia? O que será que os baianos viram em Lula que o resto do Brasil não viu? Se é para votar bovinamente no nordestino pobre do sertão, então vamos separar o Brasil em suas regiões e cada um depois que sofra as consequências de votar por birra política, imaturidade, ignorância e desinformação. Passando por cima dos maiores escândalos já computados na história política pós Ditadura. Deixemos o Brasil que não quer mudar, nas mãos do Sareny, Severino (por sorte não foi eleito), Collor e Lula. Enquanto o resto do país ao menos tenta mudar e sair desse mar de lama em que nos encontramos no momento.

Se Lula for reeleito, continuará com sua politica de pão e água para o povo. Se Alckmin conseguir o milagre, enfrentará a desconfiança do povo nordestino, que elegeu em seu maior estado um governador do PT no primeiro turno e fará o já conhecido terrorismo político para dificultar a vida do novo presidente. Seja lá quem for o novo presidente, meu único real desejo é que ele de prioridade real à educação, pois só assim teremos uma população capacitada a eleger seus governantes sem trocar seu voto por um saco de farinha. Ontem ficou comprovado que esse ainda é o caso.

Ullisses Salles 02.10.06
Ullisses Salles
Enviado por Ullisses Salles em 02/10/2006
Reeditado em 02/10/2006
Código do texto: T254595
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ullisses Salles
Suíça, 40 anos
219 textos (69876 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:26)
Ullisses Salles