Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO SOU PRISIONEIRO DA MINHA RAZÃO

COGITO ERGO SUUM!Ensinam  os racionalistas. Aqueles que tem licença  para matar cientificamente , que não  se importam  com mortes  quando são contadas aos milhôes , que não se importam com a emoção , salvo se for  da razão, a viga mestra  e timão  de nosso mundo, vasto Mundo.
Não quero ser  prisioneiro da minha razão . Poder voar  para terras  que nunca  verei . escancarar  minha casa  para que  possam entrar  os malucos, os bêbados , os saltimbancos e as putas . Dividir minha cama king-size com a mulher  que sem dúvida nunca terei. Ser e não ser  a razão e a contra razão  de qualquer arrazoado racionalista. Mentir sem ter  medo de ter  mentido, assim  como contar a  mais séria verdade  no meio do picadeiro  no número dos palhaços. Subir no trapézio  ao ar livre  no meio da neblina  e me soltar no ar  na certeza cartesiana de que meu  companheiro de trapézio  estará lá para me  aguardar. Ousar cuspir as maiores verdades  na cara  sem forma dos hipócritas , e de ser o mais torpe e desumano calhorda que Deus - ou alguma outra divindade - tenha posto no mundo . Beijar  todas as mulheres sem amaor apaixonadamente ; e deixar de lado  as loucas rômanticas  que se jogam  diante de carros e trens  por amor á homens casados . Fugir da batalha mais renhida  e ser recebido  como herói e único  sobrevivente, enfrentar  cara á cara  a Verdade  da minha covardia. Saber ser venal  honestamente  e ser honesto se corrompendo. Fazer rebentos de todas as cores  na mulher  branca, diáfana e esquecer a prole  do mundo no ventre de cada mulher desta terra. Enfim, me considerar  o único louco  fora do hospício  e ser o são  que deve ser asilado .O heroi canalha  e o santo pecador , o simoníaco perdulário e o usurário  redimido . Ser o homem-mulher que pariu um ovo e ser o ovo que pariu a mulher . Viver livre e não  querer nunca se aprisionar  pela razão.
grotius
Enviado por grotius em 07/10/2006
Código do texto: T259018

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
grotius
Santo André - São Paulo - Brasil, 61 anos
444 textos (16459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:45)