Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E A PRIMAVERA ME TROUXE O RISO HORRÍVEL DO IDIOTA

Sorri baixinho , o sorriso da alegria contida  da civilização enganada. Sabe sentir  no ar a mudança dos tempos . Sente no ar  o cheiro da mudança. Desta vez  não é de polvora , canhonaço  ou mortes . É de  alfazema, de cores , de muitos perfumes . Por isso ri baixinho, como se sómente  ele  soubesse o que o futuro  reserva . Os outros na sala estranham  a leve comissura da boca mexer-se lentamente a cada pensamento que lhe vem á cabeça. Pensamentos  de que só ele é dono e senhor.  Pensamentos com cores,  sensações, palpitações. Pensamentos vivos, palpáveis; de cavaleiros e donzelas , de aves  e aviões. Quimeras  e a fênix que ressurge das  cinzas .Ali esta o homem sentado á mesa do café, o garçon entrega uma xícara de uma bebida quente, marrom que parece  desafiar a razão  ocupando  muito mais  do que o pequeno  receptáculo. O vapor da beberragem  sob as volutas  finas , transparentes  de cores brancas e azuis chegam ao seu nariz, aos óculos que embaçam , mas o homem sorri. O homem sorri para ele e abre o livro  sem palavras, branco como  o leite.Um livro com cheiro, plantas, manhãs com orvalho, sons de pássaros, sobrevôo de borboletas .\Um livro  limpo, branco , rosado  comop o sorriso de uma criança . Um livro  onde  tinha tudo  o que o observador quisesse .E era grande, verdadeiro  calhamaço  de páginas em branco . Por isso  ele sorriu ao ver o homem oferecer  para que  lesse a primeira frase , para ver o  primeiro desenho  que  sairia de seus olhos como o sorriso  tomando conta de seu rosto .Os demais se contagiavam  com a risada , que agora  era franca, ruidosa , gargalhante.
E assim trouxe a Primavera, o riso  horrível  do idiota.  
grotius
Enviado por grotius em 08/10/2006
Código do texto: T259056

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
grotius
Santo André - São Paulo - Brasil, 61 anos
444 textos (16460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:17)