Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aline

Meu primeiro amor se chamava Aline. Que lindos eram os olhos de Aline. Quão longos os seus cabelos. Tão belo o seu caminhar. Tão incrivelmente suave a sua voz. Tão doce o seu perfume. Aline. Por ela, rabiscava os cadernos com o meu nome e o seu envoltos em um coração transpassado pela flecha do cupido. Aline me fazia suspirar. Aline me fazia sonhar. Sonhos de valsa, algodão doce e maças do amor. Meu coração batia mais forte quando ela chegava perto e quase parava quando ela falava comigo com aquela sua voz que, não sei se já disse, era incrivelmente suave. Aline era a minha namorada secreta. Era um amor sem beijo, nem abraço. Quando muito, era um amor de roubar uma rosa e deixar em sua mesa. Que fantástico era ver Aline sorrindo o seu sorriso mais lindo, seu rosto iluminado com a singeleza de uma flor, que ganhava muito mais beleza nas mãos de Aline. Alguns vários anos separavam minha idade da de Aline, afinal, ela era a minha professora na 2ª série. Eu, uma criança de sete anos, apaixonado.

Mas, Aline foi apenas o primeiro amor. Muitas outras Alines me flecharam. Alines que se chamavam realmente Aline e Alines que tinham outros nomes mas que, igualmente, me fizeram suspirar. Agir como bobo. Atar o tope do caderço. Ajeitar a camisa dentro da calça. Entalhar "eu te amo" em árvores, usando de uma faca de mesa ou nas calçadas com pedaços de tijolo. Banhar-me de perfume. Despetalar flores (bem-me-quer, mal-me-quer..). Ou juntar moedas para comprar bombons. Amores de criança? É certo que sim. No Dia das Crianças, lembrei de amores infantis e outras ingenuidades. E da necessidade das crianças serem crianças. Da necessidade que todos temos de lutar por um mundo que, preserve a inocência das crianças, as resguarde de todo o mal e as cerque de amor. De lutar para que as crianças de hoje tenham uma infância sempre, sempre melhor que a que tivemos.
Márcio Brasil
Enviado por Márcio Brasil em 12/10/2006
Reeditado em 12/10/2006
Código do texto: T262517

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Márcio Brasil
Santiago - Rio Grande do Sul - Brasil
181 textos (37061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:49)
Márcio Brasil