Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
                            Dignidade

A primeira terça de outubro poderia ter sido normal, não fosse um telefonema... seguido de outros vários, terminando a noite com um encontro (desejado por mim) faz tempo. A partir dali, todos os dias foram perfeitos ... falei cada sentimento que guardara durante o tempo de saudade. A semana transcorreu perfeita em sons, palavras, reciprocidade. Sábado seria o momento maior e tudo fora milimetricamente preparado. Não faltava nada! Até que o telefone tocou e uma das tantas trágicas estórias das noites de sábado, interrompe o instante, secando a boca, a taça, desfazendo a alegria e a inevitável lágrima, misturada com o fel da intenção. Não pelo problema ocorrido, mas pelo silêncio, pelo pouco caso, pela fuga... Não houve a palavra, nem o  "vamos conversar",  ou - vamos marcar de novo... Nada nada! Apenas uma fria ausência, interrompendo o amor...
Angela Lara
Enviado por Angela Lara em 13/10/2006
Reeditado em 28/03/2012
Código do texto: T263465
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Lara
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1830 textos (247902 leituras)
53 e-livros (15732 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:44)
Angela Lara