Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FERIDAS REABERTAS

Naquela manhã de domingo, o homem estava na sala de seu apartamento, lendo o jornal do dia.

Absorvido na leitura do jornal, somente depois de alguns segundos, ouviu o barulho característico de chamada do seu celular.

Atendeu e ao ouvir a voz do outro lado da linha, seu coração começou a bater mais rapidamente.

Era Ela!

Ela que há tempos atrás numa noite de segunda feira, por motivos inexplicáveis, terminara o relacionamento dos dois.

E para Ele, foi muito difícil sarar as feridas que ficaram no seu coração. Até aquele momento, ainda tentava cicatrizar as mesmas.

Ela o cumprimentou, perguntou como iam as coisas, se estava tudo bem, etc, etc... Terminado os cumprimentos de praxe, ela perguntou se ele poderia lhe fazer um favor, já que estava acabando de chegar de viagem e esquecera sua carteira de documentos no ônibus, cuja garagem, por coincidência,  ficava perto do prédio dele.Ela queria que Ele lhe informasse o telefone da citada garagem. Ele não sabia o número do telefone, mas disse a Ela que iria até lá e procuraria a sua carteira.

Chegando à empresa, localizou o ônibus, procurou e achou a carteira Dela. Ligou para Ela e disse que deixaria a carteira na loja de propriedade dos pais dela, que ficava no térreo do prédio onde morava. Ela disse que não, que Ele subisse até o apartamento Dela, pois trouxera para Ele uma lembrança de onde estivera.

Ele dirigiu-se ao local, tocou a campainha do apartamento Dela.

Ela apareceu, ainda mais linda do que sempre fôra. Ele conseguiu conter suas emoções. Entregou a ela a carteira e recebeu a lembrança. Conversaram por alguns momentos e quando já se despedira e se encaminhava para a porta de saída, ouviu Ela lhe pedir um abraço. No princípio, Ele não entendeu. Ficou sem ação. Segundo depois, porém, a abraçou e dela recebeu um abraço apertado. Beijou a face dela e dela recebeu um beijo, na sua.

Desceu as escadas, entrou no carro e retornou a seu apartamento. Abriu uma cerveja, sentou-se no sofá da sala e em voz alta, pensou:

_ "É! As feridas não se cicatrizaram. Em pouco mais de meia hora, Ela conseguiu reavivar todo o amor que ainda sento por Ela... Agora, é começar a tratar novamente das feridas reabertas neste velho coração..."

Olhou a lembrança recebida e não aguentou: abriu a gaveta da mesinha do som, retirou um porta retrato e ficou olhando a foto dela.

Lá fora, uma chuva fina e insistente começou a cair...

Realmente, o dia estava muito quente...
WFJunior
Enviado por WFJunior em 16/10/2006
Reeditado em 07/10/2015
Código do texto: T265905
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WFJunior
Sabará - Minas Gerais - Brasil, 70 anos
150 textos (6738 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:16)
WFJunior