Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu vou votar no Lula. Mesmo.

Este texto não é nenhuma piadinha de mau gosto com nosso presidente. Não é daqueles que dizem que Lula cortou o dedo de propósito para receber pensão (faça isso com o seu mindinho e recorra ao INSS, depois veja se vale a pena). Não é mais uma profecia de que o Brasil vai afundar se Lula for re-eleito. Não é nenhuma comparação de Lula com Fidel Castro, Hugo Chaves ou Evo Morales. Não é nenhuma sátira com os erros de português que nosso presidente recorrentemente comete (se você não os comete, meus parabéns). Aliás, o Collor falava muito bem. E era bonito, como diziam as mulheres. Se você é mais um dos anti-Lula de plantão, não perca seu tempo e pare de ler isto agora mesmo.

Vou votar no Lula. De novo. Não votei no primeiro turno, pois não estava no país, mas votarei no 2º turno, assim como votei na eleição passada. E olha que eu tenho nível superior....

Nível Superior. Sou formado em Administração de Empresas. Não me orgulho disso. Não fiz mais que minha obrigação. Tive minha faculdade paga e a única coisa que tive de fazer foi estudar. Nada mais. Mais uma vez, em nosso país, quem tem dinheiro tem acesso, quem não tem fica pra depois. Ah, é claro, você é formado em faculdade pública. Agradeça seu pai pela boa escola que lhe propiciou (se você estudou numa escola pública e se formou em uma faculdade pública, você sim merece parabéns).

Você acha o Lula burro. Claro, você fez faculdade, ele não. O Brasil é engraçado. Um pedaço de papel vale mais que conhecimento. Ta cheio de gente que tem diploma de inglês, mas a maioria não sabe falar. Ontem vi a entrevista do Lula no roda-viva da TV Cultura. Ele disse, por exemplo, que a TJLP é mais baixa da história: 6,85 % ao ano. Agora, se você é formado, em qualquer profissão, e não sabe nem o que é isso....

Lula entende de gente. Entende do povo. Entende de pobreza. Minha vida não mudou nada, e não vai mudar com Lula ou Alckmin. Eu não preciso de bolsa-família. Não sou rico, mas com certeza posso me virar sozinho. Agora, o povo nordestino, sempre esquecido pelos políticos, precisam. Depois reclamamos que São Paulo é cheia de nordestino. Ninguém gosta de sair da própria casa. Se eles tivessem uma vida digna lá, não precisariam sair e vir para as metrópoles viver em favelas.

Não tenho nada contra o Alckmin. Acho que ele poderia ser um bom presidente. O que eu não engulo é o acordo do PSDB com os coronéis do PFL. No entanto, a próxima eleição está ganha por Aécio Neves, e é melhor manter o Lula por mais 4 anos. Até porque Serra ganhou em São Paulo (mesmo não cumprindo a palavra de que não se candidataria), o próprio Aécio foi re-eleito em minas, o PFL manda na cidade de São Paulo, e seria muito poder nas mãos dos “em cima do muro” ficar no comando de tudo isso, mais a presidência da república.

Em cima do muro. Eu lia as colunas do Simão na Folha e não entendia muito bem porque ele chamava os políticos do PSDB desta maneira. Depois eu entendi. Alckmin já era o candidato oficial do PSDB à presidência, e numa entrevista a uma revista, FHC declarou que a pessoa ideal para a presidência do Brasil seria, pasmem, Serra. Nem eles têm certeza, e querem empurrar o “chuchu” goela abaixo.

Lula é unanimidade no PT e nos partidos da base aliada. Seus correligionários os defendem com unhas e dentes, às vezes, como sabemos, até de forma ilícita.

Não sou cego. Sei que houveram escândalos de corrupção que mancharam demais a imagem de Lula e do PT. Mas sei também que houve muita manipulação de informação, principalmente por parte da mídia. O que Lula chamava de “denuncismo”. A revista Veja, por exemplo; são os Anti-Lulas de plantão. O Diego Mainardi deve ganhar algum cargo no gorverno Serra. O mesmo ocorre com o jornal o Estado de São Paulo; notícias tendenciosas, sem lastro. Sempre um assessor que não quis se identificar, delegado que não quis dizer o nome, piloto que viu uma caixa que parecia ser de dinheiro, e assim por diante. Depois de noticia do dinheiro recebido de Cuba, o que mais podemos esperar?

O PSDB também teve denúncias. O Ex-governador de Minas, do PSDB, Eduardo Azeredo, utilizou caixa 2. Dizem as más línguas que FHC usou “mensalão” na emenda da re-eleição. Ninguém está limpo nessa corja.

Bem, poderia escrever mais algumas linhas, mas estou cansado. Minha intenção era declarar meu voto, e aqui está: Lula. Com tantos textos contra o Lula, achei justo fazer um a favor. E olha que sou bem esclarecido, li diversos livros, leio jornais quase todos os dias, etc, etc. Mais um boato que inventaram: só os menos informados votam no Lula. Chico Buarque, Paulo Betti, Antonio Fagundes, e por ai vai, também votarão. Meu voto é esse: 13. Qulquer reclamação, comentários negativos são permitidos. Xinguem mesmo se quiserem. Este é um país livre. Uma democracia. Liberdade que nosso presidente ajudou a conquistar, sendo preso inclusive. Preso pelos correligionários do PFL, que apóiam o tucano maridinho da “Dama da Daslu”.

PS: Datafolha – Lula à frente de Alckmin em 20%.

ilsanches@gmail.com
Ivan Sanches
Enviado por Ivan Sanches em 17/10/2006
Código do texto: T266961

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivan Sanches
Santo André - São Paulo - Brasil, 34 anos
141 textos (12228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:43)
Ivan Sanches