Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Transforme seu animal de estimação em.....

Por Rodrigo Capella*

Calma, leitor, não se espante com o título desta matéria. Uma nova moda vem, aos poucos, ganhando força nas vitrines dos pet shops de todo Brasil. É a utilização de manequins que seguem fielmente as características caninas e deixam os donos de cães realmente curiosos. Não é pra menos. Focinho, rabo, orelha, olhos e patas. Tudo em tamanho e expressões originais. O cachorro só falta latir!

Conversamos com Fábio Gubeissi, proprietário da Dog Models, empresa que vem investindo nesse mercado. O empresário revelou os segredos que são utilizados durante a fabricação dos tais manequins e, a partir de agora, você vai poder eternizar o seu companheiro de estimação.

Primeiro, faça uma escultura, utilizando uma massa italiana e um esqueleto metálico. Depois, para dar mais riqueza aos detalhes, confeccione um molde em fibra de vidro e silicone. Desse molde, tire as cópias em fibra de vidro. Num último passo, pinte o manequim com um revólver de tinta e maqueio-o com aerógrafos.

Se você não conseguir fazer em casa, não se desespere. A Dog Models confecciona  manequim de labrador, pit bull, poodle e dauchshound, que custam de R$ 400 a R$ 660, com pronta entrega. Ainda há a opção de se fazer, digamos assim, encomendas especiais. Nesse caso, o valor do investimento canino chega a respeitáveis R$ 5.000.

Gostou da sugestão? Então, vá em frente. Fábio Gubeissi explica que todas as raças podem virar manequins, independente do tamanho e da quantidade de pêlo do cachorro. Essa idéia deu tão certo que o empresário estendeu o procedimento a outras espécies. É o caso de gatos e pássaros, que também podem ser eternizados. Mas, a lista não pára por ai. Gubeissi confessa que já recebeu alguns pedidos inusitados. “Certa vez, um cliente quis fazer um manequim de um preá, mais conhecido como porquinho da índia”.
Achou essa idéia um pouco estranha? Aqui vai mais uma sugestão: que tal o seu pet seguir a carreira de modelo? Isso mesmo, o cachorro vai brilhar nas passarelas e conquistar o mundo da fama. A Pet Center Marginal, por exemplo, realiza desfiles com os mais diversos tipos de raças. Em um primeiro passo, os cães são inscritos pela Internet e participam de uma prova de roupa, na qual os pets são escolhidos. “No dia do evento, cada participante deve chegar com aproximadamente 30 minutos de antecedência para trocar seu animal e se preparar para entrar na passarela, de acordo com a ordem definida no roteiro”, detalha Eugênia Fonseca, gerente de marketing da loja.

Mas, há uma técnica especifica para se desfilar? Eugênia garante que não. “O ideal é que o animal fique em cima da passarela e o dono no chão apenas conduzindo o pet”, aconselha. Os desfiles caninos são realizados, normalmente, quando ocorrem as trocas de coleção de roupas, na passagem da primavera para o verão e do outono para o inverno. Então, anote na agenda e prepare-se. Seu cão ainda vai virar uma celebridade!

(*) Escritor e poeta. Autor de vário livros, entre eles "Transroca, o navio proibido", que vai ser adaptado para o cinema pelo cineasta Ricardo Zimmer. Informações: www.rodrigocapella.com.br
Rodrigo Capella
Enviado por Rodrigo Capella em 20/10/2006
Código do texto: T269372
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Capella
São Paulo - São Paulo - Brasil
106 textos (5891 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:47)
Rodrigo Capella