Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Ego-poesia

Ah!... eu tô longe de ser poeta.
daquelas que palavras surgem ao lançar de um lápis na mão
nas folhas brancas que vão-se colorindo
misturando sentimentos e razão não


embaralha minha mente com comparações
que às vezes nem entendo
"mas fico a olhar pasmo pela fresta de um entendimento
sortido naquele véu escuro"


é só dizer palavras, folhas e dissos
e então... se tem uma grande ego-poesia



Patrícia Fonseca
Enviado por Patrícia Fonseca em 21/10/2006
Reeditado em 08/11/2006
Código do texto: T269712
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Patrícia Fonseca
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 40 anos
51 textos (5341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:12)
Patrícia Fonseca