Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conversando com meus botões

Costumo conversar com meus botões. Geralmente, quando caminho. No trajeto que faço, existem várias casas mais ou menos antigas, bem cuidadas, grandes, jardins floridos.
Vou andando, refletindo, entretecendo minhas idéias. Planos, projetos, décadas de sonhos, muita vida adiada, para transformá-los em algo palpável. A casa grande, o  jardim bem cuidado, um bom carro.
Vêm os filhos, eles crescem, casam e vão criar e transformar seus próprios sonhos em realidade.
Quando o casal decide usufruir o produto de seus sonhos, o retorno do “enfim sós”, a viagem acaba para um deles.
Coincidentemente, a maioria das casas do meu trajeto, pertence a viúvas. Durante décadas mantêm esse patrimônio com dificuldade, em respeito à memória de seu companheiro, cultuando, de certa forma, o tempo e o esforço empenhado para construí-lo.
Ainda refletindo sobre essas casas, elas são mantidas fechadas, por medida de segurança. Somente alguns cômodos são efetivamente usados. O passar do tempo, inibe a movimentação das pessoas, problemas de saúde, os mais diversos se instalam e usufruir da doce morada, deixa de promover felicidade, a satisfação sonhada.
A história contada por essas casas, se repete à cada esquina, de geração em geração.
E meus botões, continuam calados. (16/10/05)

Vitoria Lerinha Haubert
Enviado por Vitoria Lerinha Haubert em 24/10/2006
Código do texto: T272201

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vitoria Lerinha Haubert
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
266 textos (18687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:50)
Vitoria Lerinha Haubert