Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                              A decadência humana 

     Estes seis primeiros anos de milênio o mundo vem assistindo uma verdadeira decadência da sociedade humana. O homem vem num grande retrocesso político, humano, social, ético que chegamos a desanimar e perceber que a evolução humana ela tem um ápice positivo e agora inicia o declive independente o progresso cientifico tecnológico, evolutivo e psicológico do homem. 

     São tanto episódios lamentáveis feito pelo homem que uma parte da sociedade começa entrar numa profunda reflexão; quem é o homem? Estes fatos lamentáveis surgiram em toda parte do mundo e também em nosso país. 

     Vimos um terrorismo alarmar o mundo e aterrorizar a sociedade mundial deixando-a em pleno desespero e um sentimento de impotência. Vimos um presidente insano que por uma atitude patológica obsessiva invadiu dois paises e os destruiu. E até hoje esta guerra não acabou e já levou a morte varios militares como os civis deste país (Iraque). Este mesmo homem  insano conseguiu o apoio de sua nação e se reelegeu porque  instaurou em seu país o terrorismo psicológico do medo na sociedade. 

     Temos visto a intolerância religiosa sendo reacendida pela guerra santa que tem espalhado em todo o oriente e ocidente. Países que por pequenas contendas não buscam a diplomacia, mas sim, a violência através das armas. Uma terceira guerra de dimensão mundial passa a ser novamente reacendida pela intolerância e medo das nações. Os diálogos diplomáticos cada vez sede espaço as ameaças nucleares entre os países. 

     Temos visto surgir em nossa América uma hegemonia de lideres populistas e demagógicos que vem desestruturando a América Latina, desestruturando toda a caminhada democrática que esta região da América estava reconstruindo, após tantos anos de ditadura o qual estes países viveram. 

     Agora vemos esta decadência da sociedade humana dentro de nossa casa que  levantará grande reflexões às pessoas que ainda são constituídas de alguns valores e princípios que julga ser de fundamental importância para o aperfeiçoamento e humanização da sociedade. 

     Assistindo o Casseta & Planeta desta terça ( 24/10/2006 ), retrataram de maneira satírica, a triste realidade que vive grande parte da sociedade brasileira, o que  esta eleição que ocorrerá no próximo dia 29/10/2006 representa para elas. Uma verdadeira vergonha ao prevalecer a vitória de Lula. 

     Quem já não assistiu um campeonato ou torneio de futebol onde há tanta falcatrua dos dirigentes que quando é disputada a final a sociedade perde total interesse em assisti-la? Um jogo que o juiz marca um gol roubado depois do tempo vencido somente para classificar o time grande? Quantos jogos nacionais e copa do mundo vimos estas artimanhas? 

     Assim encontra hoje quase que a metade a sociedade brasileira, completamente frustrada, desesperançada em relação a política, a democracia. Chegando ao ponto de perder o total interesse por política. 

     É lamentável ter que ver triunfar um grupo de pessoas que usurpou o país; um grupo que durante dois anos esteve envolvido em inúmeros escândalos e que, nos debates quando é questionado sobre os escândalos fala com ironia e cinismo que é um exemplo de ética; que foi o presidente que mais combateu a corrupção e ainda encontra pessoas que batem palmas. 

     O que realmente fica demonstrado é que não são os pobres, as pessoas simples que são ignorantes e os responsáveis pela degradação da sociedade e da espécie humana, pelo contrario são os intelectuais; são os providos de educação, de cultura. 

     Esta eleição é o marco de uma nova sociedade. Uma sociedade que está iniciando seu declive moral, ético se auto destruindo. Daqui para frente tudo é possível vermos como a legalização do aborto, a legalização das drogas.  Enfim, tudo aquilo que a sociedade tanto se orgulhava de ter avançado com a evolução da espécie humana chegou ao seu final. 

     O que está ocorrendo hoje em nosso país é o reflexo da sociedade mundial a qual estamos vivendo, onde certamente nos incorporamos nela sem ser melhor e nem pior, mas idênticos. 

     Uma sociedade que deixa de lado valores que se julgava ser fundamentais para o homem. Mostrando que é uma sociedade capaz de matar crianças, invadir países, ser intolerante às religiões. Com estas eleições estamos nivelando aos americanos que invadem países pobres na conquista de petróleo; estamos nivelando ao Resbolar que guerreia para destruir uma nação que julga inferior; estamos nivelando a Israel que pela sua intolerância invadem territórios na ancia da conquista territorial. E todos se julgando estar com a razão.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 25/10/2006
Reeditado em 31/10/2006
Código do texto: T272896
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219440 leituras)
5 e-livros (11756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:41)
Ataíde Lemos

Site do Escritor