Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                         Lula confiante na impunidade 

     Não tenho conhecimento profundo historicamente da política brasileira, porém, não me lembro de um acontecimento como o qual estamos vivenciando no quadro político brasileiro desde o final da ditadura militar. 

     Não conheço neste período da história brasileira que um governo corrupto sabidamente, mantivesse no topo do poder ou mesmo sido eleito e agora reeleito. O vimos foi, na busca da democratização a sociedade fez opção por um governo que viesse no passado, isto é, fez parte de um partido que apoiava o regime militar, mas é importante ressaltar que este presidente assumiu o poder porque o  titular faleceu; vimos um presidente que foi eleito pelo grande marketing da mídia, num período que o Brasil estava engatinhando democraticamente, mas que a imaturidade política dos brasileiros teve como resultado o impichemam depois de dois anos de governo. Logo após tivemos um presidente que de certa forma foi eleito quando o país já se encontrava mais maduro em temos democráticos onde se instaurou o instituto da reeleição sendo o primeiro presidente reeleito após o regime militar. 

     Embora tivesse que assistimos vários momentos em que a sociedade se revoltou diante a suspeitas de corrupção no governo de FHC, não se teve de maneira explicita fatos que levasse a sociedade a vê-lo como um governo expressivamente corrupto. A imprensa que é aquela que sempre provoca reações de indignação não noticiou tantos fatos e atos de corrupção. Os episódios de corrupção do governo de FHC restringiram mais aos partidos de oposição. Se houve grande alarde na sociedade isto se deve o domínio que a oposição tem frente aos movimentos sociais. 

     Por fim, depois de 16 anos de democracia o país elegeu um homem que veio do povo e que sempre fez oposição aos governos que o antecedeu Luiz Inácio Lula da Silva. Um governo que veio do povo, homem de origem simples, sua eleição para a história política brasileira foi o ápice e a consolidação da democracia no país.
 
     Porem, este governo foi marcado pela corrupção; corrupção esta que teve diretamente o envolvimento de vários ministros de estado da mais alta relevância. Corrupção que esteve nas manchetes de todas as mídias do país por quase dois anos ininterruptamente. Corrupção que não foram pontuais, mas se sucederam durante os dois últimos anos de seu mandato. 

     Pois bem, diante este quadro sistêmico de corrupção no governo, o presidente Lula, tinha dois caminhos a tomar: um era continuar seu governo chegando ao final sem pretender a reeleição, outro era apostar em alguns em fatores que o possibilitaria em se reeleger como:

• Confiar em seu carisma em relação às massas, certamente, na certeza que ela lhe absolveria.
• Acreditar na impunidade das instituições constituídas.
• Acreditar que a grande maioria da sociedade não acredita em político e não possui os valores éticos e morais.
• Apostou que políticos são todos farinha do mesmo saco e é só lhe dar agrados e vantagens que as denuncias, as brigas políticas perdem o foco.
• Apostou na corrupção e na falta de ética e moral dos parlamentares. 

     Parece-me que este fato histórico onde um político é reeleito sabidamente corrupto envolvido numa crise sem proporção política pós ditadura o Brasil ainda não viveu, sendo assim, fica difícil saber como vai reagir os políticos de oposição e mesmo a nação neste segundo mandato.

     Não acredito que a oposição vai agir passivamente e que a vitória de Lula vai enterrar a crise de ética e de corrupção que está instalada no país. Penso que a oposição deve mudar as estratégias de agora em diante em relação ao mandado de Lula, cujo seu governo deve paralisar. Acredito também que a oposição não vai querer agir como agiu logo que a crise iniciou, acreditando que o povo puniria Lula nas eleições. 

A reeleição de Lula é um fato histórico para a o Brasil, é um estender da crise que já perdura por dois anos e que deve continuar por mais quatro anos Lula chegar ao final de mandato. 

     Uma pessoa quando tem um desvio de caráter dificilmente muda, pode até dar um tempo, procurar agir com mais prudência, no entanto, ele sempre vai fazê-lo. Desta forma penso que além do que está exposto e sendo investigado, certamente o atual governo em seu novo mandato continuará a cometer atos ilícitos, e numa destas pode ser surpreendido pela oposição que conseguirá encontrar eco na sociedade para assim o destituí-lo.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 29/10/2006
Reeditado em 29/10/2006
Código do texto: T276766
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219042 leituras)
5 e-livros (11751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:34)
Ataíde Lemos

Site do Escritor