Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                              A vitória de Lula e minha consciência 

     Durante todo este processo político escrevi varias crônica questionando o governo de Lula. Primeiramente, gostaria de dizer que não sou peessedebista, nem pefelista. Nem sou uma pessoa de direita ou de esquerda. Enfim, não tenho uma ideologia política definida. Meus textos são reflexões de meu pensamento como cidadão que procura através da escrita colocar meus pensamentos. Certamente, estes escritos podem ser bem recebidos, ou não pelos leitores. 

     Eu particularmente vejo cada homem publico como sujeito, e assim, mesmo que há linhas ideológicas os quais deve se sujeitar, cada político é singular, isto é, o voto do eleitor é dado a pessoa e não ao partido, muito que embora cada político de certa forma está ligado a um grupo ideológico. 

     Penso que em nosso país as pessoas são norteadas a votarem pelos nomes que se apresentam e não pelo partido – é evidente que quanto mais um partido tem lideres políticos de grande persuasão e destaques acabam influenciando os eleitores -- isto tanto é fato que tivemos como exemplo em Minas um governador eleito com quase 80 % dos votos e Alckmin obteve apenas 34 %. 

     Penso também que mesmo num partido há vários lideres e estas lideranças vão sendo constituídas e firmadas pela força das urnas, estas lideranças se contradizem entre si também. Então, imaginar que um candidato eleito significa a continuação de um sistema, de um projeto político é equivocado, pois, isto estará condicionado a afinidade com determinados líderes dentro de um partido. 

     Depois desta simples analise, meu combate ao governo Lula se deu em relação a postura ética deste governo; dos politicos pego em corrupção todos são amigos de longa data de Lula, pessoas intimas e de sua confiança demonstrando assim, que Lula tinha consciência de tudo que estava ocorrendo. Penso que por mais que um país possa crescer, desenvolver-se alguns princípios são básicos em um governo. 

     Maluf sempre foi combatido por grande parte de partidos políticos por ser um político corrupto, no entanto, sempre foi um político de grandes realizações. Qualquer cidadão paulistano ou do estado de São Paulo sabe que Maluf é um político realizador. Eleger Lula significa dizer que corrupção é valida desde que o país "melhore." 

     Como alguém cristão e que atua na área social voluntariamente, não posso concordar com este conceito. No meu entender, os meios não podem justificar os fins na política. Um político em que pese sobre ele atos de corrupção não merece meu voto nem que seja um excelente administrador. 

     Um governo envolvido em vários escândalos de corrupção como mensalão; envolvidos com jogo do bicho que é algo ilícito; envolvido com os sanguessugas – mesmo que dizendo que iniciou no governo anterior, mas que deu continuidade; em compra de dossiê não merece meu respeito e nem confiança. Então, acredito que agi conforme minha consciência. Não acredito que a corrupção vai atenuar, porque para mim ética está no caráter de uma pessoa.

     Tenho ótimos amigos que são petistas, mas mesmo assim, a custa de se afastarem de minha amizade penso que o pior que pode haver num homem é calar-se diante sua consciência. 

     Sinto - me triste por ter visto que ética, a moral não está na agenda de grande parte da sociedade, porem, feliz por ter feito meu trabalho que foi colocar meus pensamentos, não omitindo-os.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 30/10/2006
Reeditado em 30/10/2006
Código do texto: T277496
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219470 leituras)
5 e-livros (11756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:35)
Ataíde Lemos

Site do Escritor