Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração aberto...

Tenho de dizer... sempre tive medo deste momento chegar, hoje aqui largado neste chão vejo como foi lindo te amar... ver sua serena e pálida face partir, levar nossa história, após tanto tempo de loucuras de amor... Por que fizeste isso comigo? Não usaste nenhuma arma porém feriu-me sem igual... Cortaste meus punhos com suas ásperas palavras de tortura.... deixou em fatias meu corpo que por tanto tempo esteve junto ao teu, apenas... com seu frio olhar.... Abriu em mim um pedaço do inferno, mostrou-me o que é ser infeliz... Largou-me neste desamparo, aqui no chão, sua partida... Suas mãos ainda tocaram meu rosto para me certificar de que tudo acontecia pela última vez... Onde vais, o que fará de sua vida? Abriu meu peito ao relento, jogaste nosso amor ao léu... Ficaste mais feliz agora? Estou desfalecendo aqui nesta angustia, aperta o coração, coração aberto... Entrará aqui toda infelicidade, todo o desapego, todo mal-aconchego, toda a dúvida de vida... entrará pelas brechas de tortura toda a sorte de agonia, todo a dor de um dia, todo o amor que eu queria... Não consigo me levantar.....
Adeus!!! Ficarei esperando a sua volta, peço que você se arrependa, peço que não deixe de tentar...
Aqui... punhos, pulsos sangrando a dor do seu abandono, o corpo moído pela sua falta de amor, o coração aberto para tudo.... irá acontecer tantas coisas agora... irei talvez me fortalecer... o coração aberto cicatrizará... abrirá a porta da vida à você.... e que no futuro tudo isso me assalte, e que ainda no futuro, um novo amor me mate.... agora.... não como o seu.... sem dar o que você me deu! Aqui, entra no meu coração.... para sempre....Aberto....
Daiane Rodrigues
Enviado por Daiane Rodrigues em 26/06/2005
Reeditado em 02/07/2005
Código do texto: T27933

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Créditos (criação): Daiane Rodrigues. - Não é permitido usar esta obra para qualquer fim sem a permição da autora.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daiane Rodrigues
Américo Brasiliense - São Paulo - Brasil, 27 anos
392 textos (25455 leituras)
1 áudios (108 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:42)
Daiane Rodrigues