Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O derrotado...


Pelas estradas da vida muito conheci...

Deparei-me com pessoas que pareciam pequenas mas, no entanto, se fizeram grandes dentro do meu peito...

Conheci outras, porém, que se fazia de grandes e no fundo eram pequenas demais...

A estes faltavam à luz necessária, esta...Oriunda dos grandes guerreiros...Sim, deles!

Gente que se dispõe a brigar pela vida. A correr atrás como dizem, a buscar seus objetivos, gente que busca ser feliz e briga por ser... Gente que não liga para que o vizinho fale, e, aprende logo, a escutar seu grande amigo, o seu próprio coração...

Gente que pode até mesmo cair, mas sabe se levantar...E o faz com tanta elegância que muitos nem percebem a sua queda...Gente que constrói um mundo ao seu redor e se torna líder. É amado por muitos, às vezes, até mesmo por àqueles a quem não vê...

Gente que sabe o que quer dizer a palavra amigo, gratidão, amor...Gente que faz o seu próximo sorrir e nunca chorar; que sabe ser acalento às dores e, não a provocá-las. Gente que sabe o valor das pequenas coisas, que passa pela vida e deixa saudades. Que é amado, que tem quem cuide de si e se preocupe...Gente que sabe viver um grande amor, que sabe se entregar sem limites... Que de uma linha simples faz um lindo verso...Gente que vem para mostrar o caminho e não ser ditador de almas...Que permite aos outros serem como são; não se importando com suas vidas...Mas estando prontos a dar-lhes as mãos...

Não esperando que lhe seja pedido, mas sempre indo ao encontro destes...

Gente que sabe o peso de ser chamado de “amigo”, de “meu amor”, de “poeta”...Enfim, gente que é gente!...

Que é simples no contexto e revela aos outros o quanto é grande para cada um...

Porém, esta “gente” só existem certamente, porque nunca; em tempo algum, foram em suas trajetória covardes! Principalmente, covardes de si mesmos deixando de ser feliz, simplesmente para parecer forte!...

A você que é gente, meu aplauso...

A você que é covarde minha lágrima... Mas com a esperança que um dia possa te chamar de grande...



Paulo Nunes Junior

SP Brasil

04/10/2006


VEJAM MAIS TEXTOS DO AUTOR EM:

www.paulonunesjunior.com.br
www.mensageirosdoamorbrasil.com.br
www.saladospoetas.eti.br
www.ecosdapoesia.net
www.poetasdelmundo.com
www.usinadeletras.com.br
www.avbl.com.br
www.teiadosamigos.com.br  
www.poesiasemensagens.com.br  
www.estrelasluzindosaudade.com.br  
www.sacpaixao.net  
www.sitedepoesias.com.br  


Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 04/11/2006
Reeditado em 06/11/2006
Código do texto: T282240
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173692 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:36)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor