Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diário número 3

Deu o sinal. Seu som estridente varre o espaço. Do fundo do corredor anuncia o término da hora do almoço. Seu som forte, se propaga até onde estou. Da minha mesa relanceio os olhos pela sala vazia. As luzes apagadas não sei porque, revelam toda a vontade em trabalhar. Atrasados, o pessoal chega um de cada vez sentando em suas respectivas mesas. Uns ainda, vão tomar um cafezinho ou chá, enquanto que outros com a escova a mão, vão escovar os caninos. Ninguém começa a trabalhar logo que o sinal apita. Ninguém. O dia amanheceu frio, começa a esquentar. Só espero que a tarde não chova. Quero assistir um filme, pegar uma tela. Me desprender da realidade real em que vivo, e me enfronhar na realidade irreal imaginada pelo diretor.
Pastorelli
Enviado por Pastorelli em 06/11/2006
Reeditado em 01/02/2013
Código do texto: T283336
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pastorelli
São Paulo - São Paulo - Brasil
296 textos (7820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:51)
Pastorelli