Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEGUNDA-FEIRA

             

Segunda-feira é o dia mais odiado. Gremistas e colorados concordam. A vilã da semana. O dia da ressaca. Do início do trabalho ou de procurar emprego. O dia em que a realidade se faz presente. Início da dieta, quase sempre quebrada. Dia do Supermercado e quantas compras. A promessa de mais estudo, de mudança de atitudes. E quem duvida? Afinal, segunda é sempre segunda e deste dia não passa.

O dia do início. Do recomeço das atividades e planos. Segunda não precisa ser necessariamente um dia emburrado. O pior é sexta feira, treze. Dia de finados. Tudo bem que é feriado, mas é um dia triste. O pior é o dia de ir ao dentista e ao médico. Dor de dente em pleno fim- de- semana. Tratamento de canal é sempre dia ruim. Enfim, a segunda pode ser bom, ou pelo menos, não tão ruim assim. Será?

Geralmente, o dia em que se entra em férias e se viaja. Segunda, o início da semana. Ensolarada ou com chuva. Uma dieta que vingue, começa na segunda. Bendita segunda, principalmente se o final de semana não foi dos melhores ou se depois de um longo tempo começamos a trabalhar ou ingressamos na universidade. O dia pode revelar boas notícias, pelo menos, nos dá sensação de que estamos vivos.

E por que não podemos ir ao cinema na segunda-feira? Alugar um bom DVD à noite? Preparar uma ceia especial? Jantar fora? Desde que não abusemos do vinho ou da cerveja, não tem problema. O dia em que podemos planejar o resto da semana, mesmo que ela comece na segunda, pode ser bom. Depende de nós, pelo menos, em boa parte.

Coitada da segunda. A madrasta. A ovelha negra da semana. A  perseguida e mal interpretada. Claro que ela não pode querer competir com sábado ou domingo. A disputa é quase sempre perdida, mas se pensarmos bem, é um dia de trabalho como outro qualquer. Mas, se fosse dia de ócio seria o dia preferido de todos.

É verdade que segunda tem um gosto meio amargo, mas pode ser mais doce do que o comum. Segunda de noite, ao meio-dia, enfim, o dia tem vinte e quatro horas. Pense nisso, o dia requer criatividade e uma boa dose de humor. E se não for ofendê-lo, que você tenha uma boa segunda, ao menos, produtiva.






pássaro poeta
Enviado por pássaro poeta em 06/11/2006
Código do texto: T284071

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pássaro poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
532 textos (101468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:03)
pássaro poeta