Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MALDITA INCLUSÃO DIGITAL (1)

Gosto muito de conversar e pesquisar algumas coisas.
Dessa vez foi algo diferente: fiz um perfil em um site de relacionamentos para achar um (a) namorado (a).
Como me surpreendi!
Surpreendi-me por vários motivos que irei colocá-los aqui, mas já digo de antemão: não percam o tempo de vocês em sites de relacionamento.
1. PERFIL: Normalmente, isso se dá para que a pessoa se descreva e disserte sobre suas experiências, vontades, desejos. Verdade ou mentira? Acho que é mentira. Um perfil em cada dez – pelo menos – é que se faz isso. Os perfis incompletos, sem objetivos, e os erros... Ai Meu Deus! Os erros. [Isso é outro tópico] (risos).
2. FOTO: Caro amigo, se você está em um site para se relacionar com outras pessoas, ponha pelo menos uma foto. Como você, individuo que pode ter diversas etnias, quer que adivinhem seu rosto, seu corpo, suas vontades etc.? Osmose? Não, não. Já sei! Telepatia. E quando você arrisca e a pessoa ainda diz: “só tenho essa foto”... Mentira! Ela tem mais! Ou ela é feia ou então esconde algo. Fato! De duas, uma. [Pensando bem, podem ser as duas (risos)]
3. PÉROLAS DO PORTUGUÊS: Misericórdia! “Me abana que eu tô [fico] passado”. É cada pérola: “lazanha”, “mim sinto”, “disconfiar”, “não quero apenas sexo”, “concerteza”, “mim sabe”. Esse povo e “essa pova” ainda não aprenderam que “mim” faz nada. É uma pena que não dei print screen nessas pérolas, mas acreditem... Isso existe e entrei em eterna convulsão quando as vi.
4. SEXO Vs. VERDADE Vs. AMOR: É inadmissível que as pessoas pensem que sexo, verdade e amor é a mesma coisa. Normalmente quando um perfil vem escrito “não quero apenas sexo” e ele for um cara bonitão, gostosão ou até mesmo uma mulher faça isso, acredite, ele (a) QUER APENAS SEXO. Confundem tudo! Cansei de conversar com pessoas que diziam estar procurando um namorado (a) e, no entanto queriam procurar fazendo sexo. Isso pode? Poder até pode, mas se acha namorado transando com todos os pretendentes? [Essa eu fui a loucura de tanto que gargalhei]
Nem conversar esses seres “do além” sabem. Se você perguntar a idade, vão enrolar e vão responder, mas depois de um tempão, pois demoram a processar a pergunta.
5. O PROCURANDO/O PROCURADO: Nessa eu só tenho uma coisa a dizer: guardem as frivolidades. Rasguem o verbo, porém corretamente. Não deixe de demonstrar as coisas. “Procura-se inteligência, carinho, atenção...!”, o mais interessante, [o que procura] não consegue ser e nem dar isso a ninguém.

Não estou escrevendo sobre isso para deixá-los desanimados ou desiludidos, no entanto é bom ficar atento a tais coisas. É uma caixinha de surpresa. Eu fiquei extremamente estarrecido com as coisas que lia e via. Entrei em transi!
"Me lasquei" quando tive essa idéia, porém, cá estou, lindo, ditoso e venturoso. Pronto para outra missão.
Estou pensando em qual será a próxima aventura. Essas novidades estão me deixando animado para continuar ‘livre, leve e solto’.
“Tá divertoso!”.

** http://momentuns.blogspot.com/2010/02/maldita-inclusao-digital-1.html **
Luís Freire
Enviado por Luís Freire em 01/04/2011
Código do texto: T2884102

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luís Freire
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 27 anos
29 textos (432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/17 11:49)
Luís Freire