Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Politicamente (in)correto

Ei, você aí diante do monitor, responda sem pensar. Qual tipo físico de parceiro você escolheria? Moreno alto, bonito e sensual? Loira sarada com piercing no umbigo e marquinha de biquine à vista? Menina gordinha com rostinho bonito? Garoto baixinho de óculos? Negro? Branco? Mulato? Cabelos lisos e longos? Cacheados e longos? Crespos e curtos? Olhos verdes? Azeitonas? Azuis? Negros? Seja lá qual for sua preferência, ela é sua preferência e temos que respeitar certo? Errado, pois os politicamente corretos estão à solta, controlando o que você pensa, o que você faz e se suas ideias divergem dos pliticamente corretos. Cuidado, eles estão por todos os lados, e exigem de você o que eles não fazem. São os reformadores da sociedade e tutores do bom senso.

Mas e daí? Você me conheceu pesoalmente? Me achou "bonitinho"? Obrigado, mas saiba que eu já fui diversas vezes preterido por ser baixinho. Sim, específicamente por ser baixinho. E então, onde estão os guardiões da opinião outrem? Porque eles não vieram em meu socorro obrigando as garotas lindas e altas que me preteriam a ficarem comigo? Afinal de contas atrás dessas lentes eu sou um cara legal. Os politicamente coerentes sumiram. Nenhum deles veio me socorrer da mina baixa estatura e da consequente rejeição que essa causou nas minhas pretendentes e ou namoradas. Sabem porque? Porque pau que bate em Chico não bate em Francisco. Porque o que vale é a lei do "faça o que eu mando mas não faça o que eu faço" ou do popular "pimenta no olhos dos outros é refresco".

Todo mundo pode escolher com quem se relacionar, só eu que não posso expor minha preferência por menina magras, o que exclui automáticamente mulheres acima do peso. Não importa se pouco acima ou se gordas mesmo, eu gosto é de magrinhas, e daí? Não posso? Pelo o que tenho sofrido ultimamente a resposta é obvia. Não, eu não posso preterir gordinhas porque o que conta é o carater, a beleza interior e todas as qualidades que só as gordinhas tem não é mesmo? As magras se tornaram mau caráter da noite pro dia. Fúteis num piscar de olhos, e totalmente desinteressantes e vazias. Eu devo ser louco, burro, machista ou torpe por não gostar de mulher acima do peso. A verdade é que não sou nem um nem outro, sou todos esses lindos adjetivos de uma só vez. Ao menos isso é o que me disseram minhas interlocutoras nas ultimas semanas.

Minha pergunta é a seguinte. Desde quando se tornou proibido preferir esse ou aquele tipo físico? Pelo o que eu me lembre, as garotas que me preteriram por ser como sou, não eram estúpidas, nem machistas, nem futeis. Au contraire, eram garotas inteligentes e interessantes além de honestas o suficiente para dizer. "Ullisses, foi gostoso, você é uma gracinha mas é muito baixinho, não rola, podemos ser amigos?"

A diferença entre eu e as minhas interlocutoras politicamente corretas, é que eu não saí julgando aos quatro cantos. Pregando a tolerância que elas não demonstram ao me desqualificarem por não gostar de gordinhas. Imagine o que aconteceria se eu dissesse que não gosto de negras e de asiaticas. Seria taxado de racista, nazista, preconceituoso e por aí vai. Será que baixinhos deixaram de ser baixinhos, e negros deixaram de ser negros, e magros deixaram de ser magros? Acho que não, só se tornou proibido chamar as pessoas do que elas realmente são.

Desde quando escolher o que se gosta é preconceito? Acho que já passamos dos limites com o tal do politicamente correto. Cada um tem que saber lidar com o que é. Gordo é gordo, branco é branco, baixinho é baixinho e ponto final.

Assinado:
Ullisses Salles - Baixinho, nordestino, quatro olhos sim senhor. Mas sem essa de "com muito orgulho" pois esse papinho já cansou.

Ullisses Salles 13.11.06
Ullisses Salles
Enviado por Ullisses Salles em 13/11/2006
Código do texto: T290015
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ullisses Salles
Suíça, 40 anos
219 textos (69799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:05)
Ullisses Salles