Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

S.A.A.R.A.

Gisele me disse que vai ao SAARA. Não pensem que ela refere-se ao deserto africano, muito pelo contrário, refere-se aos mananciais capitalistas da cidade maravilhosa. O SAARA é formado pelas seguintes ruas: Senhor dos Passos, Alfândega e suas Travessas. Esta região, caso fosse feito uma estatística, comprovaria-se a presença quase que total de mulheres. Há uma diversidade de lugares, de roupas, de falas, mas, há uma unanimidade feminina. O sexo que predomina no SAARA é aquele inaugurado pela mãe de toda raça humana, ou seja, Eva. SAARA é a sigla para: Sociedade dos Amigos da rua da Alfândega e ruas Adjacentes. Ele abriga uma centena de lojas com produtos diversos. Desde os acessórios para a fabricação de bijuterias até o mais moderno produto eletrônico da era globalizada.

Mas o SAARA não é só compras, mas um convite aos admiradores de uma época muito especial da cidade de São Sebastião. Suas igrejas, seus sobrados, seu chão, toda arquitetura remete a era colonial e imperial desta tão amada cidade. Quem não se admira, quando ao entrar numa loja de bijuterias e depara-se com uma porta enorme, que se estende até próximo do teto de 18.., ou 17..?

E para mim ela tem tantos significados, pois ali passei grande parte de minha infância. Meu pai tinha uma loja ali, na Rua Senhor dos Passos, na frente do antigo restaurante português Penafiel. O Penafiel ainda ali se encontra, mas a velha loja de meu pai agora é uma loja de bijuterias. Sempre que ali passo ainda consigo ver meu pai, minha mãe, eu e meu irmão sonhando com o futuro. Infelizmente não sonhamos mais juntos.

E Gisele foi ao SAARA. Ela não compartilha das minhas emoções infantis. Até porque, a Rua Senhor dos Passos é apenas mais uma das ruas deliciosas femininas. Sim, a Senhor dos Passos é uma rua feminina. Creio que essa rua tenha fugido à relação de Paulo Barreto. Não só a rua, mas o adjetivo que lhe dei. E ali se apresentam, todos os dias, mulheres de todo canto desta São Sebastião. Senhor dos Passos tem o poder de congregar toda a nação carioca. Zona Oeste, Zona Norte, Leopoldina, Ilha do Governador, Centro e Zona Sul se congregam numa única rua. Alguém dirá: “quer conhecer o carioca? Vá a Senhor dos Passos”.

Quando Gisele chega em casa, eu lhe pergunto: “Como foram as compras?” E ela compreendendo que aquela pergunta não passava de fingimento, ela me diz: “Meu amor, lá na encruzilhada entre Senhor dos Passos e a Travessa São Domingos alguns velhos lembravam o passado…”


     

Rodiney da Silva
Enviado por Rodiney da Silva em 13/11/2006
Código do texto: T290332

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodiney da Silva
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
254 textos (11174 leituras)
2 e-livros (68 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:29)
Rodiney da Silva

Site do Escritor